Crossdresser - O ínício


Click to Download this video!


Olá, sou crossdresser e adoto o nome de Mirelle Rodrigues. Tenho 42 anos, 1,82m, 90kg, morena clara, olhos castanhos escuros, uso cabelos pretos compridos até o meio das costas lisos (peruca) e depilo o corpo todo. Sou um homem normal durante o dia e não assumido, mas todas as noites me produzo em minha casa. Sou uma pessoa tímida, mas amo ser "mulher" em todos os aspectos. Gosto de cozinhar, deixar a casa em ordem, conversar, estar sempre bem vestida, maquiada. Quando estou assim, sem nenhum esforço, eu me afemino com os trjeitos e voz, não sei explicar a facilidade para que isso acontece, mas é uma coisa automática.
Bom, indo diretamente a história, que é VERDADEIRA, quero deixar aqui meu relato de como me transformei crossdresser.
Com 6 ou 7 anos, eu vi uma foto de uma vagina e foi a primeira vez que estava vendo aquilo, mas não era de fato uma vagina. Minha prima deu risada e me disse que era um rapaz que colocou o pênis entre as pernas simulando uma vagina. Aquilo ficou na minha cabeça. Nessa época, meus primos, um pouco mais velhos (1 a 4 anos mais) ficavam vendo revistinhas pornô na laje e sabe né, eu ia ver junto. Só que depois desse dia que vi a foto, inexplicavelmente, eu apreciava as poses das mulheres e ficava imaginando o prazer que elas estariam sentindo. Nessa mesma época, um dia a noite, estava na garagem brincando de dirigir uma Rural que meu tio tinha e um primo meu entrou na Rural e disse:
- Vamos brincar que estamos viajando? Eu dirijo e você é minha esposa.
Sem maldade de nenhum de nós dois, começamos a brincar e conversávamos como marido e mulher, sem nenhuma sacanagem. Foi quando eu tive a brilhante idéia de colocar meu pênis entre as pernas, como na foto que vi dias antes. E naquele clima, eu tive com muita intensidade, o meu primeiro orgasmo que sujou todo o meu pijama. Lembro que parei de falar e fiquei assustada e segurando o gemido, mas amei aquilo. Meu primo me perguntou o que foi, eu n disse nada e ele, pela ingenuidade também n entendeu e continuamos a brincadeira.
A partir desse ocorrido, eu fazia isso todos os dias no banheiro, quarto, onde podia. Hoje já se passaram 35 a 36 anos e eu confesso, meus orgasmos são sempre assim, e são diários e até umas 3 vezes por dia. Talvez pela quantidade de vezes diária que faço isso, minha ejaculação não é farta, mas é intensa. Amo. Voltando...
Aquilo foi evoluindo e já colocava as calcinhas que minha mãe, tias, primas, deixavam no registro do chuveiro. Amava. Nunca mais parei.
Com 13 anos, estava parada num ponto de ônibus e tinha um rapaz, de uns 18 anos, com uma camiseta regata e com CC (mal cheiro), mas sabe a minha reação? Foi me aproximar pra sentir aquele cheiro. Só me explicando, não suporto CC, mas naquele dia, senti o cheiro de homem e me aproximei o suficiente pra sentir o cheiro.
Depois, sem querer, peguei meu primo se masturbando na cama e confesso que disfarcei, mas achei linda a cena. E ele tinha um pênis lindo, maravilhoso, perfeito. A partir daí eu sempre entrava no quarto dele de uma vez, brincando de assustá-lo, mas no fundo eu queria ver. Uma vez ele tirou o pênis, meia bomba e disse pra eu pegar, eu xinguei ele, mas n tirei os olhos do pênis dele.
Mas eu, devido a minha educação, a severidade do meu pai, a minha solidão e não poder conversar com alguém e não saber o que eu era, eu sempre vivi assim, desejando homens e mais que isso, desejando ser mulher, vestida e com traços.
Cheguei a sair um vez montada de casa e dei uma volta no quarteirão da casa dos meus pais, mas por imposição da nossa sociedade eu logo comecei a namorar e me casei, com uma maravilhosa mulher, mas não era o que me completava. Nunca a traí, mas sempre passava em pontos de travestis, não para sair com elas, apenas as olhava admirando-as, querendo ser uma delas. Me divorciei e decidi que iria levar adiante e entender se essa decisão preencheria minha essência feminina escondida dentro de um armário de aço...rs, porém aí eu já estava com 32 anos. Comprei muitas roupas, perucas, saltos, lingeries, maquiagem, bijous e um consolo para completar minhas necessidades. Simplesmente amei.
E foi com 35 anos, em 12/2012 que resolvi conhecer uma transexual. Expliquei a ela, que apenas queria provar como seria ser passivo. Eu a encontrei e ela foi muito educada, gentil, espetacular, mas não vou citar o nome dela pois não tenho a autorização dela. Pedi cuidado a ela e ela foi fantástica. Apenas devo dizer que foi sensacional, a ponto de eu, no momento da transa sorrir e gemer como nunca fiz, amei amei amei. Descobri que nasci no corpo errado.
Conheci mais uma transexual, e eu sempre como passiva.
Em 2015 decidi que iria deixar de ser crossdresser, joguei tudo fora e me envolvi com uma mulher linda, mas infiel e quando fiquei sabendo da sem vergonhice dela, nos separamos, mas particularmente admito que fiquei imaginando como deve ter sido gostoso tudo que ela fez, me fez desejar ser corno ou se pudesse, ser ela naquele momento, pois ela teve muito bom gosto no homem. Mas a deixei e voltei a ser crossdresser. Estou comprando tudo de novo...rs
Queria um homem, e marquei um encontro em 07/2016 com um homem, lindo, moreno, malhado e muito bem servido...rs...foi bom, mas seria melhor se tivesse mais carinho, como tive na minha primeira vez.
Passado todo esse tempo, começo a entender que sou mulher, principalmente porque eu perdi quase que totalmente minha ereção. As vezes dá um sinalzinho de vida, mas muito pouco e só quando estou conversando com homens, mulheres não me excitam. E apesar da minha idade, estou decidida, que vou iniciar minha hormonização leve, para poder me tornar mais feminina, mas sem precisar passar por situações desagradáveis na rua.
Um beijo carinhoso no coração de todos(as) vocês e obrigada por ter este espaço para dividir meus anseios de vida. Não escolhi ser assim, eu nasci assim e adoro. Eu garanto, se eu tivesse esse conhecimento do que sou, com meus 18 anos, eu seria hoje uma transexual, com toda certeza. Beijosssssssss.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario negrito silva

negrito silva Comentou em 08/02/2017

Safadinha lindo conto

foto perfil usuario malone

malone Comentou em 28/12/2016

maravilha! muito boa sorte! amei o seu relato..

foto perfil usuario coroapraiana

coroapraiana Comentou em 25/12/2016

Olhe, deve ser terrível viver em um "corpo que não é seu"...te desejo boa sorte de coração!! Abraços.

foto perfil usuario kzdopass48es

kzdopass48es Comentou em 25/12/2016

Sua história é linda! Te admiro! Betto

foto perfil usuario karlycd

karlycd Comentou em 25/12/2016

Como tb CD, para mim, acho que o ideal seria viver com outra transex ou CD, pois passaria o dia como mulher tranquila. Já, Mulher e homem, eu descartaria ficar como CD, simplesmente por ser mais difícil o convívio como CD e tb como qualquer um dos dois não seria sexualmente interessante para mim, como uma transex.

foto perfil usuario motgalego

motgalego Comentou em 24/12/2016

adorei seu conto se e isso q deseja boa sorte

foto perfil usuario motgalego

motgalego Comentou em 24/12/2016

adorei seu conto se e isso q deseja boa sorte




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


95085 - Um amigo que eu queria que fosse mais - Crossdresser - Categoria: Travesti - Votos: 10

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico mirellecd

Nome do conto:
Crossdresser - O ínício

Codigo do conto:
94689

Categoria:
Travesti

Data da Publicação:
24/12/2016

Quant.de Votos:
10

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


convenci minha mulher a dar a buceta pro nosso filho de doze anos contos reais e veridicoscontos papakupornô em desenho animado tia e sobrinhoconto erotico lutadoracoitadinhacontosperdi as preguinhas do cu quando era pequenachupando no onibus conto eroticocavalo tirando cabaço da egua novinhacontosquadrinhopornowww.fudendo no aviaocontos eróticos de Carrosselgay dominado contocontos eroticos camioneiro dando carona pro gordinhocontos virei corno no apagaoContos eroticos de lebicas anamorada do meu irmaoembebedarao uma mulher muito gostosa e fuderao ela em doishorney+motherd+xxxcontos eroticos casadas com novinhosRockerinho trazandofudi com a empregadacontohomem+nu+da+cintura+para+baixocontos eróticos dei o cu ea buceta da cunhadinhaConto erotico minha prima fudeu com sois negros roludo 25cm de rolacontos eroticos de femboy com o paiconto erotico casada com vizinho picudodesenhos eroticos gayscoto erodico de como pater puetasedutoras e marrentas parte 4 contos eroticosMinha filha tem buceta bem tufadinha e grandi ve contossenhoras que pagam para foder mozhotwife e marido contoscomercuegostososexo em quadrinhohistorias em quadrinhos pornogrficasconto erótico minha esposa é uma boa com uma p*** baita p***quadrinhos pornoultimos contos sadoconto gay tirei cabaçotio tarado aromba a xoxota da sobria de dez anos com forsoconto erótico em quadrinho Tietaenganada quadrinho eroticoContosacordando a irma para foderesposa fudia no meio do cafezal contos eroticosconto erotico co fotos e imagem de boceta e cu raspadosvideo porno di qeutireconto erótico leite quentevideo de porno irma deixa a porta a berta so pra da pro irmao a noite figinda qui ta dormindoconto mulher sede a chantagem de garoto tranzarcontos negao comeu meu cuconto erotico com chicotadacontos eróticos gay entre colegas da escolacontos eroticos minha ginecologistaos segredos de tia paulineconto erotico transei com um caoHentai porno de quadrinhos de incesto mae gostosa satisfasendo os desejos de seu fihocontos.eroticos.despi minha esposacomtos erótico novinha pegano carona com canioneirona sauna contoconto erotico enrabei o flanelinhaDesenhos hentai baba velhinho babagoza dentro das mulheres em transe hipnose pornocontos eroticos cunhada e sogrAquero leite quentinho na boca conto gaycontos eroticos minha mulher viciou em pirralhosconto - gorda esfomeada por porraconto sexo no carrocontos negao rasgador de velhasperdi as preguinhas do cu quando era pequenafomos no clube so pra ver mas ela deu pro pauzudovideos conto real dois caras me embreagaram e me comeram ate o meu cu