1ª Encoxada da vida - Encoxando a mãe do meu amigo


Click to Download this video!


No meu último conto havia relatado a encoxada mais gostosa da minha vida onde eu e minha madrasta tivemos relações sexuais. E havia dito também que havia começado muito cedo a minha sexualidade quando pela primeira vez em toda a minha vida sentir meu pau ficar duro e a sensação de estar excitado, não vou mentir é muito boa mesmo, é uma sensação incrível que sempre você quer mais e aquela pessoa acaba marcando você pelo resto da vida e hoje sou um ninfomaníaco só que diferente de muitos minhas investidas tem sempre toques de carinho, inocência, fogo e uma curtição que não faz mal.

Não quero começar um relato escandaloso nem tampouco que cause repulsa à vocês, caros leitores, só tive vontade de me abrir e botar tudo isso pra fora além do mais eu nunca mais vi está pessoa faz mais de vinte anos e creio que isso não tem mais a mínima importância mesmo que eu conte algo que houve na minha infância.

Hoje tenho 34 anos de idade e o fato aconteceu em 1986. Nessa época tive um amiguinho da mesma idade, amigo de escola e de infância o primeiro de todos, ele morava somente com sua mãe e sempre que ela ia trabalhar ele ficava com sua secretária como ela chamava na verdade era a babá dele. estudávamos pela manhã na escolinha da rua e sempre à tarde estava na casa dele e algumas vezes na minha.

Nessas idades sempre ocorrem brincadeiras inocentes que acabavam levando ao sexo e principalmente a encoxada e sempre envolvem primos, aquelas brincadeiras da infância, como também podem envolver com outros membros da família (ouvir falar certas histórias).

Nesse relato não foi diferente, o nome dela era dona Rita, como eu costumava chamá-la e o meu amigo é João mas conhecido como Juninho. Ela aparentava ter a idade na faixa dos 30 anos e gostava mimar muito o filho, dava muito carinho pra ele e deu até demais porque um dia quando cheguei ela estava bem sensual usando um shortinho jeans bem curtinho e desfiado que na época algumas moças costumavam usar isso dentro de casa para ficar a vontade e não era a primeira vez que a via assim dentro de casa e gostava de ver porque era bonito ver pernas de mulher e não ficava excitado e sim com vontade de tocar.

Só fiquei excitado pela primeira vez quando cheguei em sua casa e vi ela usando esse mesmo short sentada no sofá com ele no colo dela cavalgando em uma das coxas grossas que ela tinha. Ela estava fingindo ser um cavalinho e ele gostava.

Fiquei pensando que queria cavalgar também e ela me chamou para a brincadeira já que ela gostava muito de mim, quando subir naquele coxão, fiquei muito excitado e ela cavalgou. Hummmmmmm... - Nossa que sensação! Penso agora quando lembro disso.

e ficávamos revezado às vezes era ele e nas outras eu.

No momento que eu cavalgava o juninho dizia: - manhinha eu quero!

dona Rita dizia: - deixa ele só um pouquinho!

Então ele não quis ouvir e resolveu subir em cima de outra coxa dela que estava desocupada e subiu e esfregou. Ela então disse: - menino não posso com dois tem que ser um de cada vez senão não brinco mais!

E ela se abusou e não quis mais aquela brincadeira.

E nós dois começamos a insistir e ela passou a notar o porquê de nós querermos tanto isso e ela sacana resolveu deixar um pouquinho, ela passou a correr da gente mas quando conseguíamos agarrá-la nós a encoxávamos tanto eu como ele agarrávamos suas pernas e nos pendurávamos como se fosse uma árvore e só fato de nossos pênis deslizar naqueles coxões, era gostoso, uma delícia, depois ela cansou e resolveu brincar de novo mas o primeiro a encoxá-la fui eu e ele queria mas ela disse:

- Depois filho mas ele insistia e ela notou que minha pintinha e a dele estavam duras e por uma brincadeira de mal gosto dela, ela resolveu humilhá-lo o próprio filho um pouquinho tirando um pouco dele por direito e dando pra mim já que ela sabia do que se tratava e também que ele sempre iria ter por ser filho.

O que ela fez enquanto eu me esfregava em suas coxas ele insistia tomar o meu lugar de prazer e ela se levantou me colocou nos braços dela de frente pra ela suspenso agarrado em sua cintura como se fosse um carangueijo quase próximo os seios e o juninho tentar se pendurar em suas coxas e ela o enxotou ele caiu no chão e o vaiou:

- uuuuuuuuuuu perdeu! e correu dele ele ficou caído,deitado de bruços no maior choro quedava até dó de ver meu amigo assim desejando tanto as coxas de sua mãe.

Ela depois ela disse pra mim: - Melhor você, eu converso com ele e fui.

depois pelo q vi ela o chamou, pediu desculpas ao filho e deu muito mimos e acho q ele encoxou nela mais uma vez.

Nesse conto foi a primeira vez q enconxei uma mulher e conto anterior com minha madrasta quando ela disse: "-Não se pindure assim não menino!" me remeteu a esse fato e descobrir o sentido do ato de se pindurar hummmm gostoso! Eu prefiro!

Essa história ainda tem o final que é quando dona Rita, juninho e a uma amiga foram à uma praia e ela me convidou para ir junto com o consentimento dos meus responsáveis já que ela era vizinha e também muito bem vista.

A praia pra mim é o cenário perfeito para essas minhas fantasias porque foi aí que começou e por isso que no conto anterior com a minha madrasta entre dois lugares em que íamos transar um deles era uma praia onde só trafegava pescadores e às vezes ninguém mas minha preferência sempre foi a praia porque encoxar dentro da água é gostoso demais.

Esse conto continua

Caros leitores, leiam deem suas notas e façam seus comentários eu nunca contei essa história pra ninguém até agora, acredito que fui muito ousado pra mim mesmo relatando isso!


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario paullinho

paullinho Comentou em 08/12/2016

Bruno seu conto é bem floreado, nunca desperdice detalhes pois isso nos dá a sensação de prazer e nos deixa de pau duro. Leia meus contos, vote e comente, por favor. Gostei teve meu voto.




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


92797 - Encoxando a madrasta - Categoria: Incesto - Votos: 3
92922 - Encoxando a mãe do meu amigo - parte 2 - Categoria: Incesto - Votos: 1
93205 - Conheci uma Daniela - Categoria: Heterosexual - Votos: 1

Ficha do conto

Foto Perfil brunnomaximus
brunnomaximus

Nome do conto:
1ª Encoxada da vida - Encoxando a mãe do meu amigo

Codigo do conto:
92879

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
07/12/2016

Quant.de Votos:
5

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


maridinho bobinho contos eroticosultimos contos sadocontos eroticos provocando o meu paiContos eróticos com bezerraajudando minha filha contos incestosexo conto erotico socando bombando bucetacomendo filha da minha vizinhaxxvideocontos gang bang inesperado incestoporno amador novinha tendo orgasmo prolongadoconto erotico fodi a vendedora de frutawww.contoeroticos mae fihlo.brO segredo entre minha irmã e eu PT2 contos eroticosconto erotico dei o cu a estranho no matowww.contos eroticos mae fude com filho novenho pauzodo dando cuWww.contos eroticos de irma de igreja.com.ptmarido com esposa no acampamento contosUltimos contos de coroaxvideo lesbico iniciaçao lesbicoBucetas novas com pelinhoscontos eroticos flagrei minha mae transando com meu paicontosesposa pervertida fktoformas de cariciar as virgens na camabucetas gostozas gozando gostozo na cabesona rombudaliga da justiça porno gaymaninha nao aguentou de tanta tesao i goza na picacontos o negao roludo fudeu a mulher do cara chato e siumentomae e filha adoram q fiho gosa dentrocucontos papakufilme pornofui fazer academia e dei pro professorEstourei um cabaço contosconto erotico gay deliciaporno contos eroticos narrados o dia que meu marido pediu pra eu transar com seu amigoconto sobrinha legalConto erotico fui fagrada brincando de esconde escondeas novinhas q chupa bem e mostra abusrta da favelaconto erotico sou uma secretaria tive que dar meu cuzinho virgem pra dez homens aomesmotempo prapagar minhas contasconto erotico ensinando a neta a dirigirconto erotico gay pai e amigo no telhado vendo os filhoscontos eroticos convenci minha mulher a usar um biquine fio denta na praiacontos cd porno climaxdoce nanda contos eroticoscontos er?ticos incesto minha cadelinha safadacontos sexuiasPorno contoscontos veridico de incesto meu marido nao sabe que eu realizei minha fantasia fodi com meu irmao bem dotadoporno filio nuca viu uma bucetaminha irma casada conto eroticoconto eroticos minha enteada abusadacontos eroticos possuida por uma estranha gostosaContos erótica, ai tio deixa eu pegar no seu pauultimos contos sadomasoquistaConto porno desdi pequena pai e mae me comecontos eróticos dando o troco na minha mulherporno quadrinhos sogravizinha maconheira comi o cu conto eroticoa filha gringa do chefe conto eroticocontos casada dando pra velho picudocontos erotico gay negro quadradinhocontoeroticodfcontos eroticos caguei no pau gayconto erotico consoloconto erotico professora e o cavaloconto sou novinha e adoro uma picafui a coelinha dos chefe dei o cu contos errroticosmarandro colocou a calcinha de de lado e meteu fundo na bucetacontos eroticos fui comida por meu esposo,cunhado e sogri.ver porno erotico em quadrinhos negao engravidndo a mulher do cornoconto dei o cu no cinemaesporraram no meu utero e fiquei com o estomago cheio de porragrelao contos eróticosperdi as preguinhas do cu quando era pequenaContos erodico de mães e país com filhos transandoquadrinhos de porno kelly negãoconto herotico gay nacir para dar o cuПРОДАМ-БАЗУ-САЙТА-mozto.rucontos eroticos velhos picarudosMateriais heroticos para mulheresputinha inplorando po pai fode seu rabinhominha tia bebada soquei na xota delaConto erotico de pedreirocontos bucetas cheirosas da maecontos eroticos 2017 com fotosconto erotico pamella bisgateO segredo entre minha irmã e eu PT2 contos eroticospornocontoincestoquadrinho pono reaiscomtoeotico caucinha cherozinha