Cabaço de mulher casada 2.


Click to Download this video!


Cabaço de mulher casada 2.





Estava atordoado na cama, quando uma mão suave tocou meu rosto e me acordou. Custei a acordar, até que vi aquele rostinho bonito.

- Acorda amorzinho!

Aquela baixinha tinha me detonado e eu só pensava em dormir mais um pouco, começou se aninhar no meu peito como um bichinho. Pensei com meus botões: Acho que ela quer mais!

Levantei e fui ao banheiro, e me dei conta que meu pau estava muito vermelho e esfolado. A baixinha realmente era apertadinha, ri sozinho e me enfiei na ducha.

Meire entrou sorrindo e começou a se olhar no espelho, cara ela é pequena, mas muito gostosa, reparei na bundinha: Arrebitada e redondinha.

Automaticamente comecei a ensaboar meu pau, e não é que falecido reagiu, mesmo esfolado deu sinal de vida. Comecei a elogiar seu corpo e de como ela era apertada, ela respondeu que não era mais menina e na praia atraia os olhares.

Concordei, alem de gostosa a sua bucetinha era muito apertada!

Sai da ducha e comecei agarrá-la por trás, o espelho refletia a nossa imagem; dois amantes nus, o que ela achou lindo!

Eu ainda molhado comecei bolinar aqueles seios pequenos e encoxar aquela bundinha, ela ronronava baixinho, tentei penetrá-la, estava úmida e muito apertada, ela virou-se e disse:

- Não falei que tinha pouco uso.

Rimos bastante e ela em de confissão me disse:

- Nunca ninguém me bateu com o pau na minha cara e gozou.

- Gostou!

- Adorei, mas me deixa tomar um banho que estou gozada por fora e por dentro.

Fiquei no quarto, olhando para o espelho no teto, quando ela me chamou.

- Amorzinho, me passa a toalha!

Entreguei e notei que seus cabelos estavam molhados, me deu um beijo longo e disse que estava apaixonada. Mostrou-me a bucetinha e disse:

- A queridinha esta inchada e ardida, mas estou realizada.

Beijou-me novamente e foi para o quarto, começou a passar hidratante pelo corpo, é muito sensual ver uma mulher passar creme pelo corpo. Fiquei de mastro duro na hora e me propus a ajudá-la, comecei pelas costas e logo já estava com as mãos naquela bunda, comecei a apalpá-la com força e disse no seu ouvido:

- Quero comer sua bundinha.

- Ai, amorzinho dói!

- Não vou devagarzinho, ponho só a cabecinha e se doer paro. (essa é velha, mas todas caem).

- Mas com duas condições: Me chupa outra vez e se doer você para, já tentei uma vez com meu marido, mas doeu!

Cai de boca naquela bucetinha depilada. Chupei, mordisquei o grelinho, ela se contorcia feito cobra, foi quando ouvi um soluço baixinho.

- O que foi?

- Você não sabe o que ficar anos sem gozar.

Beijou-me com lagrimas nos olhos e me pediu:

- Fode a queridinha mais uma vez antes da minha bundinha!

Deitei na cama e ela veio por cima, montou feito joqueta. Meu pau entrou meio justo e ela gemeu...

- Como é duro e grosso!

Subia e descia no seu ritmo, começou a dizer iríamos foder toda semana, senti uma poça no meu púbis não é que a vadia estava gozando. Cavalgava feita louca, parei os movimentos e ordenei, deite-se!

- Amorzinho eu gozei e você?

- Vou gozar agora, vira de ladinho.

Ela começou a ladainha:

- Vai devagar, seu pau esta muito duro, vai me machucar.

Peguei o hidratante e lambuzei aquele rabo, esfreguei bastante e coloquei um dedo naquele cuzinho, ela tentou se esquivar, e eu bem cafajeste disse no seu ouvido:

- Você vai gozar de um jeito diferente, confia em mim.

Laciei aquele cuzinho, primeiro com um dedo e depois com dois dedos, senti que já podia enfiar minha bica naquele cuzinho rosa. Fui colocando na portinha, ela tentou se esquivar, mas aguarei-a com mais força.

Devagarzinho entrou meia pica, ela reclamou:

- Ai, amorzinho ta doendo, tira vai...

Pedi que relaxa-se, não iria enfiar tudo. Passei minha mão esquerda por cima de seu quadril e comecei a dedilhar seu grelinho. Gemia baixinho e me chamou de tarado. Aquilo era muito bom!

Fui me ajeitando e enfiei o resto da pica, ela uivou e começou a falar palavrões:

- Filho da puta, você arrombou meu cu seu tarado!

- Que caralho gostoso seu estuprador, enfia mais!

- Ai, seu puto você tirou o cabaço da minha bunda...

Continuei a brincar com seu grelinho, e ela rebolava, muito lentamente, depois ela era que enfiava o cu no meu pau com muita força!

Soquei a rola e enfiei até as bolas, indo e voltando junto com ela. A clima era de muito tesão, eu atolado dentro dela e brincando com sua bucetinha.

- Amorzinho, cafajeste, filho da puta me rasga!

Soquei com mais força ainda, ela teve um espasmo e gozamos juntos. As suas pernas tremiam e seu cuzinho pulsava no meu pau, o cheiro de sexo inundou o quarto. Tirei minha pica devagar e a porra começou a escorrer do seu rabo.

Depois de alguns minutos desfalecidos ela me acordou com um beijo na boca e me disse:

- Amorzinho, te amo! Nunca gozei assim!

- Não falei que você ia gostar...

- Gozei pela queridinha e pelo rabo, não sabia que era tão bom!

- Você é muito gostosa.

Nos beijamos apaixonadamente, e com a calcinha limpou meu pau, sua buceta e o cuzinho.

Perguntei o porque e ela me respondeu:

- Vou vesti-la na hora de ir embora, ai eu fico com nosso cheiro.

Vesti-se com a calcinha lambuzada e fomos embora. Deixe-a no estacionamento do super mercado...

Até hoje pelo menos uma vez por mês trepamos muito, ainda esta casada e não dispensa uma foda no cuzinho.






Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


7597 - Cabaço de mulher casada 1. - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
7647 - Jogando o Dado... - Categoria: Incesto - Votos: 3
7648 - Roleta Russa - Categoria: Incesto - Votos: 3
7649 - Dedo no Gatilho - Categoria: Incesto - Votos: 4
7650 - Xadrez - Categoria: Incesto - Votos: 3
7652 - Jogos de Guerra - Categoria: Incesto - Votos: 3
7653 - Day after - Categoria: Incesto - Votos: 3
7654 - A tal da Cadeira. - Categoria: Incesto - Votos: 3
7860 - A tal da cadeira 2. - Categoria: Incesto - Votos: 2
12867 - Visita intima 1 - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
12868 - Visita intima 2 - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13177 - O Ultimo Cliente - Categoria: Heterosexual - Votos: 3

Ficha do conto

Foto Perfil ricx
ricx

Nome do conto:
Cabaço de mulher casada 2.

Codigo do conto:
7725

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
12/04/2006

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


cu da patroa conto eroticoporno ,contos erpticos cunhada gulozawww.nora tarada contos e fotocap 24 tio eduardoConto erotico tia tesudacontos eróticos no almoxarifado com aVidioporno professora quadrinhoconto erotico homenageando esposaContos eroticos primos roludos safadosbureta iinchadacontos meu filho guei virou minha putinhaconto erotico minha buceta e peluda you tubeminha mulher e filhas os pedreiros entai e contos eroticosPorno contos incesto pais e maes iniciando filhinhas no banho e na camapresente de aniversario pro meu pai porno conto eroticocache:96w4Biafn4wJ:mozto.ru/fogoma contos eróticos com mulher doenteconto erotico chandele no pau para filhasvídeos sexos mulher ver pau do amarte fala que vai doerCONTOS DE DEI O MEU CU PRO AMIGO DO MEU MARIDOconto erotico esposa advogada comida pelo bandidoparte 2conto erotico como-me-tornei-a-cachorrinha-do-meu-padrastoContos gay pau pequenoquadrinho de porno realguadinho entiada erótico cotoporno conto coroa insaciaveldando o cu pro cunhadocontos eroticos sentada no colo do papai noel heterocontos eroticos meu sogro pauzudoMinhas filnhas com minha pica conto pornoContos eroticos com coroas casadas que perdeu as pregas com o genroContos eroticos dei a buceta no barracocontos eroticos gays sou mulher de mendigoEu fui levar minha sobrinha no meu carro n cs del minha sobrinh disse tio me leva pro motel conto eróticoencanador conto gaybuceta inchada e ardida macho deixou para o cornocontos comi minha tia com 25 cmfoto xoxota da josinhacontos eroticos ai nossa quando vi o pau dele era enorme dptado mesmo e eu era bem apertada e quadradinha novinha cheirei a tanguinha usada da minha,tia safada contoscheirando fundo da calcinha da gostosas meladinhaconto erotico novinho vizinhoconto erotico menina e o velhoquadrinhos eroticos de dokicontoeroticoburroviuva carente de rola gosando e rebolando muito gostosoconto erotico minha esposa adora conta as foda dela e eu flaguei eladoce vingança em sexo rasga a calcinha da mulher e come elaFiquei viuva meu amigo veio na minha casa eu disse pra ele me fuder na minha cama conto eroticoconto erotico em quadrinho a esposa e o cachorroos pelos da sua buceta,conto lesbicocontos eroticos anãocontos eroticos meu padrasto me comeu com seu pauzaobuseta gosada cinco vez cigidosexo com enfermeira gostosa de fio dental com argola na orelhaconto erotico fui na casa da minha sogra e so ta minha cunhadinhacontos eróticos com a menininha em tambabagranfina no boqueteconto erotico foda em familiacontos eroticos gls sobremesacontos eroticos fudendo o rabinho da minha avocontos gay com montadoresContos eróticos Neuza 2017hq pornô gay incesto com meus primosnegao conto erotico pedreiroconto erotico comi o recepcionista da pousadaporn violada no revezando gang bangporno 2013 emsaboando o pau menininhacontos eroticos sexo com sograconto erotico meu filho novinhomolhei a calcinha contos eroticoscomeu a irmã e código e gozou dentro da buceta delaconto incesto fotos que pal gostosoconto erotico comi o recepcionista da pousadaconto erotico perdi jogoleomar1111 fotoseu e minhas irmas gostosas contos com fotosmozbuceta.comconto erotico de mae e filho com fotospresente de aniversario pro meu pai porno conto eroticoContos novinha perdeu cabaço do cu com roludao tremconto loirinha com tesaõ no cu emplora para ser emrrabada pelo paipornobrasil tia quadrinhos ano 2017contos veridico menino bem dotado conseguiu fode a professora casadacontos esposa certinha com o caseiro pausudoler contos tio comendo sobrinha virgem de 2017conto erotico gay apaixonadocontos eróticos gay taxi