MINHA IRMÃZINHA E MINHA PRIMINHA - 2


Click to Download this video!


Olá de novo pra todos, lembram do nosso primeiro conto, pois é, contarei como comi minha irmã e nossa prima filmou tudo. Bem, no dia seguinte, tinhamos combinado em assistir nossa sacanagem (só que eu vi tudo no dia que aconteceu), quando comi minha prima e minha mana filmou. Além de não almoçarmos direito, outra vez matamos aula de ingles agora pra vermos nossa loucura. Antes de ligar o DVD minha irmã disse que estava era com muita vergonha pelo que aconteceu, então eu disse, agora já era e a inês é morta. Então a Bruna completou dizendo, é Carla agora é tarde, vamos cumprir nossa promessa e não contar pra ninguem. Aí a Carlinha pediu pra não passar o filme agora queria tomar água com açucar porque estou ansiosa. Quando a Carla voltou liguei a TV e a Bruna pediu vamos ver logo as fotos, assim a gente perde logo a vergonha. Vimos as fotos e rimos bastante. Aí iniciamos com o filme e a primeira imagem que apareceu foi minha irmã fazendo um boquete no meu pau. Ela escondeu o rosto no traveseiro pra não ver as imagens, a Bruna puxou ele e disse, há Carlinha deixa de frescura, já aconteceu mesmo, e voce está de parabens porque ficou legal, e eu disse parece uma profissional. Quando apareceu a Carlinha engolindo quase todo o meu pau (+ou- 18cm), ela sorriu e disse, não acredito que fiz isso, porque essa coisa toda não cabe na minha boca. Eu disse cabe é muito mais, voce vai ver. Foi eu calar a boca e apareceu a cena em que minha irmã, com minha ajuda, engoliu todo meu pau. Então ela sorriu e disse que não se lebrava de ter feito aquilo tudo. Em seguida gozei naquela boquinha e minha irmazinha ficou super vermelha. Depois veio a parte que eu fodi nossa prima. Parecia uma filmagem profissional. No decorrer de tudo, tomei coragem e botei meu pau pra fora mostrando pra duas e disse, olha como qle fica duro rápido. Quando olhei pra Brunhinha, ela estava com as mão dentro do short e eu peguei na bocetinha dela, estava molhadissima. Então a Carla falou, mano te controla seu tarado. Tirei minha mão da boceta da priminha e disse pra Carla, vem cá deixa eu ver se voce já está excitada. Ela tentou se afastar, eu segurei na perna dela subi a mão na sua coxa, não senti nenhuma resistencia por parte dela. Subi minha mão e pela primeira vez toquei por cima do shortinho e da calcinha a bocetinha da minha irmãzinha, que coisa gostosa. Ela apenas disse, ai Carlinhos não. Mas permaneceu imóvel e abriu um pouco as pernas. Eu fui logo metendo a cara entre elas e senti um perfume delicioso e dificil de descrever. Muito diferente do cheiro da bocetinha da Bruna. Nossa prima começou a gemer gozando, e quando nós olhamos ela ainda estava com as mão dentro do short e alisando sua buceta. Minha irmã parecia que estava hipinotizada, pois ficou apenas de olhinhos fechados e um sorrizinho na boca. Eu afastei a perna do seu shortinho pro lado e beijei por cima da calcinha, sentindo seu gosto. A própria Carlinha, começou a tirar sua roupa, liberando de vez aquela boceta ainda zerada. Quando eu suguei ela, minha maninha, suspirou um ai e disse nossa que gostoso, faz o que voce quizer comigo meu irmão, eu não me importo com mais nada. A Carlinha parecia estar delirando, puxando minha cabeça contra suas pernas, ela pedia chupa mano, isso é muito gostoso. Senti ela gozar várias vezes. Nós tres já nem ligamos mais pro DVD, meu pau estava estourando de tão duro, quando olhei pra Brunhinha, ela estava olhando pra Carlinha e disse, não te falei prima o quanto isso é gostoso. Eí eu disse, prima tira meu calção e pega no meu pau pra te ver como ele parece pedra. Ela tirou minha roupa, pegou e apertou meu pau e falou nossa seu tarado, eu vou buscar a filmadora, ontem a Carlinha filmou a gente agora eu filmo voces. Parei de chupar o grelinho da minha irmãzinha e fui subindo em direção aos seus peitinhos, que coisa linda. A Carla sempre repetia, como isso é gostoso, é uma delícia. Cada frase dela aumentava meu desejo de fuder minha irmã. Ela começou a gritar, Carlinhos põe logo teu pau em mim, por favor eu quero sentir tua pica entrando dentro de mim. Quando a Brunhinha voltou com a filmadora eu pedi prima me dar uma camisinha na gaveta senão eu vou gozar em cima da Carla. Nossa prima disse, deixa eu colocar a camisinha em voce, quero ver se eu já sei. Quando me virei pra priminha colocar a camisinha, minha irmã pediu, mano não pare me chupa todinha. Ela veio com vontade e sentou na minha cara de tal forma que eu fiquei sem fôlego. A Bruna então falou já estou filmando, vai ficar muito massa. A Carlinha continuou sentada na minha cara e eu chupando seu grelinho quase sufocando. Nossa priminha disse cuidem logo quero filmar como a Carlinha vai se comportar, ela disse que eu ontem chorei bastante mas não larguei o osso. Minha irmã disse, quer ver como eu não vou chorar? Então a Carla saiu da minha cara, foi esfregando a boceta no meu peito e eu senti minha pica bem na portinha daquela bocetinha, ela tentou encaixar sozinha e não conseguiu, então eu segurei meu pau e disse vem maninha, bem devagar pra não te machucar. Com geitinho eu apontei bem na entradinha, A Bruna vibrava, porra que legal. A Carlinha, acho que involuntariamente fez uma pressão e eu senti entrar um pouquinho, então eu disse, devagar pra não doer. No que ela respondeu, só vai doer uma vez, e largou todo o peso do corpo dela em cima do meu pau e nós dois gritamos, eu de dor e ela de prazer. Pensei que minha pica estivesse rasgada no meio. Minha irmã cumpriu o que prometeu, não derramou uma lagrima, apenas ria bastante e cavalgando feito louca no meu cacete. A Bruna que nos filmava, parecia uma torcedora fanática. Ela repetia vai Carlinha, sente como é gostoso. Então eu falei pra Carlinha, não para irmãzinha que eu vou gozar, e ela falava, eu vou gozar de novo. Eu explodi dentro da bocetinha da minha irmã, e sentia ela sugando minha pica com a boceta. Não sei se era porque a Brunhinha estava nos filmando só de calcinha toda encharcada de excitação e minha irmã continuava montada na minha pica que já ardia e eu o tempo todo com o peito pra cima, mas eu fiquei pelo menos uma hora com o pau firme. Minha irmã quando cansou se jogou pro lado da minha cama e pareceu desmaiar por um momento. Fomos os tres pro banheiro um ensabuou o outro e meu pau esfolado nem sequer ligou. Eu chupei duas bocetinhas lisinhas, fiz as duas gatinhas bronzeadas gozar na minha boca e fui abandonado por um pau cansado. Na próxima contaremos como foi nossa experiencia anal. é muito excitante. Um beijo da carla, da Bruna e um abraço do Carlos.

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico priminhos unido

Nome do conto:
MINHA IRMÃZINHA E MINHA PRIMINHA - 2

Codigo do conto:
5860

Categoria:
Incesto

Data da Publicação:
09/09/2005

Quant.de Votos:
0

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


quatrinho porno estrupaa minha cunhada e o cavalaobinho de chiquititas de pau duroConto estrupo casada namarraDesabafo de uma mãe contos.eroticoscontos eroticos dei a bundinha ainda meninacontos gravidas trai fotosbundaopeladade4contos eroticos mamei na pica do meu chefecontos eroticos minha cunhada me deu o cu de presenteos convidados comeram minha mulher hentai e contos eróticosvideo eroticotraindo o namorado com o amigocomeno ucu da noraxvidiominha prima me deu a ppk conto eroticofilhaputacontoQuadrinho gay eletricistaConto erotico gay a minhoca do vizinhocontos conquistei papai pauzudocontos eróticos professor sendo enrabado e gostandocontos eroticos minha filha rabuda e o namorado delagostozinhadando pra umjumentocontos eroticos coroa evangelica bundudabucetao veiavovo rabudascontos sexuiasporno gay hentai quadrinho completocontos eroticos levei minha filha no medicoconto erotico tripla penetraçaoContos menages esposas safadasContos erticos mae e filhas mamando no pauzao de deis negao em uma gang bang numa praia de nudismoconto erotico podemos presentede formatura da madrastaContos com casadas em surubas com marido e dotados que colocam sem cuspeconto estupro gaymae e filha lesbicas esfregandoquero. ver. homem. fudendosexo contos erotico pasaram a mao na minha bunda meu marido nao viuContos eroticos de gays que foram estupradoscontos eróticos de filha ficou gafida demeu genro pauzudo me rasgou toda flagras reaisgravidezcompenisConto gay marginalConto erotico primaamiga da filha conto eroticometendo a pica divaguarcomeu a prima no mato porn mozdoce vingança em sexo rasga a calcinha da mulher e come elaquadrinho gay pai e filho ponoconto erótico dando o cu por 50reaisConto erotico compartilhando a esposaConto erotico cornocontos eroticos a novinha virgem da vilacontos eroticos escravo da professoracontos eróticos me vez chantagem me comeuconto erotico casal n praia e dp p hotel esposa n resitiacabei virando mulherzinha da mamae conto de cdzinhavovó bundudaporno homem com.o pau surreal arrombando o cu da filha novinha da vizinhababá gostosa e safadinhaay papi penetracao contosfiquei na casa da minha sobrinha de 19anos e tive que come o cu dela a forca e gozei na boca delacontos eroticos traindo marido no festaAmigo de infância conto eroticojenny e Kelly hentaiex marido bonzinho xupou minha bucetaultimos conto sadoconto esposa paquerando outroconto casada carente inplorando para se comidacontos eroticos chantageada pelo cunhadosabsambaporno. comcontos eroticos de viados encubadoscontos erotico dia que fui ao quiosqe com meu marido em santoaquadrinhos de incestosCorno do filho conto eroticocontos eroticos crentinhas virgemver conto erotico sob chofer pirocudovibrador grande e grossomeu corninho eu quero uma pica gozando dentro de minha e meu céuconto erotico dando carona para uma senhoracontos/como rebentaram meu cusobrinha ainda sem peitinho 13 contoconto o meu filho me fodeuporno sobrinho come tia afogadonovinha nao aguenta a mao boba do papai xxxconto erotico tia lesbicaQuadrinho erptici vovowww.entiadacontoeroticocontos obrigei minha.esposa a fuder.com meus amigosquadrinhos amigos negros interracialcom meu colega de trabalho conto gaylia sou safada meus contos vào deixar vcs de pau durogay femboy dolacerado