Castidade - parte 5 "Fazendo ele aceitar o Cinto"

Click to this video!


***Importante ler as partes anteriores da história antes de começar a ler essa continuação***

**Fiquei um bom tempo afastado, poucos comentários e votos, mais não gosto de começar a ler uma historia e não saber o fim, por isso voltei e espero que vocês votem, comentem, de sugestões, é isso que faz ter vontade de escrever**

*Pelo tempo que fiquei afastado resolvi fazer um conto bem grande e detalhado, desfrutem ;)*

-IMAGENS ILUSTRATIVAS-

Luciano após gozar perdeu aquela vontade acumulada de dois dias e não quis 'limpar' a sujeira que fez com Fernanda e tentou conversar argumentar e acabou por não limpar. Fernanda furiosa tirou toda a produção que tinha feito (Espartilho, meias 7/8, calcinha) foi para o banheiro e tomou um banho para se limpar. Enquanto estava no banho Luciano percebeu o tanto que ela ficou irritada e tentou ir até la acalmar a fera mais não tinha jeito a porta trancada e Luciano batendo pedindo pra ela abrir e ela só dizia: Me deixa, vai dormir!
Luciano conhecia o gênio forte de sua mulher e achou melhor ir dormir. Fernanda terminou seu banho deitou-se e foi dormir também. No dia seguinte acordou e foi trabalhar antes de Luciano acordar. Durante o dia ela só pensava naquilo e sentia-se decepcionada talvez por ter forçado algo, talvez por Luciano não ter feito o que ela pediu. Luciano passou o dia pensando no que fazer pra reverter a situação. Durante o dia não trocaram SMS nem nada, ao se encontrarem em casa anoite Fernanda agiu normalmente como se nada tivesse acontecido e disse pra Luciano esquecer a noite anterior. Luciano achou estranho mais não quis discutir pra evitar brigas. Tiveram uma noite comum, janta, TV, conversaram sobre o dia e nenhum tocou no assunto do dia anterior.

Assim os dias se passaram e Fernanda meio que desencanada com a situação deixou tudo de lado um certo tempo, voltou a ter relações sexuais 'normais' e nos dias em que seu marido chegava tarde ela ficava na internet lendo.

Foi em um desses dias que voltando a entrar em sites de castidade Fernanda encontrou a resposta para o ocorrido daquele dia, em que Luciano não obedeceu ela. Ela descobriu que o homem pensa somente nele, tudo gira em torno dele e do pinto dele, a vontade dele gozar e começou a associar as coisas e chegou a conclusão de que após gozar, após ter o que queria Luciano parou de obedece-lá por isso não fez o que ela pediu.

Por mais que a fantasia estivesse adormecida dentro dela, após esse dia os pensamentos voltaram, após saber que deixando ele sem gozar talvez ela conseguisse as coisas da forma dela. Nesse dia Fernanda foi dormir sem nenhum joguinho nem nada, no dia seguinte ela pensou com faria pra deixar Luciano sem gozar, será que ele aceitaria usar um dispositivo de castidade? Fernanda achando que não sabia que teria que bolar todo um plano pra conseguir isso, e chegando em casa tomou seu banho, e esperou por Luciano. Ao chegar eles tiveram uma noite comum e ao irem se deitar para dormir Fernanda tocou no assunto perguntou porque Luciano não quis limpar a sujeira que ele fez no rosto dela aquele dia e Luciano disse que sentiu nojo que não tinha vontade. Fernanda perguntou se ele estava gostando da brincadeira e estaria disposto a voltar aquele joguinho, de fazer o que ela manda e deixar que ela escolha quando e como ele gozaria. Luciano com um certo receio disse que talvez sim mais tem coisas que ele não faria por nojo ou falta de vontade mesmo. Fernanda disse que iria prepara algo pra ele e foram dormir.

No dia seguinte Fernanda acordou, tomou seu banho se arrumou, acordou Luciano e foi trabalhar. Durante o dia as fantasias vinham a sua cabeça e ela já planejava o que faria anoite.
Anoite na cama, na hora do sexo Fernanda falou que queria Luciano bem obediente e Luciano concordou. Começaram a se beija, acariciar, Fernanda sabia que se deixasse ele sem gozar ela teria as coisas como queria e começaram a penetração, Luciano por cima de Fernanda beijando seu pescoço falando sacanagens em seu ouvido e Fernanda já muito excitada não podia ceder e tinha que se manter firme e deu a primeira 'ordem'
- Vai seu cachorro mete bem forte e rapido!

Luciano por cima dela acelerou o ritmo e Fernanda sabia que ele estava prestes a gozar e disse: PARA AGORA!
Luciano sem entender parou e esperou uma reação dela. Ela olhou pra ele e disse agora me chupa quero gozar com você me chupando. Luciano começou a chupa-la e em poucos minutos ela gozou. Depois de gozar ela falou: Você ta cheio de tesão né? Louco pra gozar?
Luciano respondeu apontando pra seu pinto: Olha só to quase explodindo você não vai me deixar na mão né?
Fernanda disse: Lembra do que falei antes de começarmos? Então, agora quero que você vá dormir assim! Fernanda deu um beijo na cabeça do pau de Luciano pois sua roupa de dormir e foi dormir. Luciano louco da vida mais entrando na brincadeira foi dormir também.
Isso se repetiu por 3 dias, eles transavam Fernanda parava no meio da transa, fazia Luciano chupa-la e ia dormir depois que gozava e Luciano ficava na vontade. Até que no quarto dia Fernanda ficou menstruada e não podia transar, na verdade não gostava e nem Luciano. Luciano já a beira da loucura ficou com raiva quando descobriu que ela estava menstruada e não poderia nem ao menos transar. Fernanda aproveitou esses 5 dias e vivia provocando Luciano mandando SMS durante o dia, anoite chupava ele todos dia mais sem deixar ele gozar, quando terminou "os dias" já faziam 8 dias que Luciano estava naquela loucura, pra um homem é extremamente dificil ficar 8 dias sem gozar, ainda mais sendo provocado diariamente. Foi ai que Fernanda pois seu plano em pratica, ela sabia a vontade que Luciano estava e anoite colocou a mesma Lingerie, espartilho e meias do dia em que Luciano não quis limpar o rosto dela sujo de porra e esperou ele. Quando chegou ela ficou deitada coberta fingindo que estava dormindo, Luciano tomou banho, jantou e nem acordou Fernanda por ser tarde. Ao deitar e abraçar ele viu ela vestida daquele jeito e Fernanda logo se virou e foi beijando ele, subindo em cima dele. Fernanda por cima vestida daquele jeito foi um efeito rapido, em segundos Luciano estava duro e Fernanda beijando ele loucamente tirou toda roupa dele e beijava toda sua perna, virilha, barriga, boca, mordia sua orelha e descia. Luciano já estava 'dentro do jogo' e sabia que era melhor não fazer nada, e ficou parado só curtindo o momento. Fernanda agarrou o pinto de Luciano de uma só vez e começou a chupar com vontade, muito vontade mesmo, ela vinha fazendo isso vários dias, mais nada comparado a esse momento, Luciano louco quase explodindo pediu pra ela não parar, quando ela parou foi subindo seu corpo lentamente, colocou sua calcinha de lado e não falou nada, simplesmente sentou no pinto de Luciano de uma só vez, ela estava muito molhada e deslizou facil. Luciano soltou um urro de prazer e Fernanda também, aquele gemido de casal, aquela sintonia que só casais tem quando transam. Fernanda começou rebolar, cavalgar e disse para Luciano: Não goza! Não quero que você goze!
E ia aumentando o ritmo e Luciano dizia: não vou conseguir, preciso gozar sua gostosa, tava louco pra comer essa bucetinha.
O ritmo não parava e entre gemidos Fernanda do nada diminuiu o ritmo abaixou seu corpo, encostou sua boca no ouvindo de Luciano e entre mordidas e gemidos disse enquanto rebolava bem lentamente no pinto dele: ta gostando? ta louco pra gozar né seu safado?
Luciano só fazia que sim com a cabeça e segurava a bunda de Fernanda tentando ditar o ritmo. Fernanda então disse: não vou deixar gozar, lembra aquele dia? Você não me obedeceu não quero que isso acontece. Luciano disse: O que você quer de mim? Fala to doido faço qualquer coisa.
Foram as palavras que ela queria ouvir. Fernanda saiu de cima dele sentou do lado dele, e Luciano fez uma cara de cachorro sem dono, Fernanda disse: qualquer coisa mesmo?
Luciano: SIM SIM! O QUE VC QUER ? VOLTA AQUI TAVA UMA DELICIA!
Fernanda: com um tom calmo começou a bater uma punheta bem devagar para Luciano e disse: eu já percebi que depois que você goza tudo isso muda e não quero isso, estive pesquisando esses dias e encontrei na internet um dispositivo de castidade masculina.
Luciano não estava dando muita atenção só estava concentrando na mão macia dela deslizando lentamente em seu pau.
Fernanda continuo: sabe estive pensando em comprar um pra você, eu coloco, tranco com um cadeado e só eu terei a chave, eu escolho quando te soltar. Luciano disse assutado: como assim? não to entendendo, você quer trancar meu pinto?!
Fernanda parou a punheta, fez uma cara de brava e disse: é isso sim! Você não gosta de me agradar? Você sabe que gosto das coisas do meu jeito e é uma fantasia minha, pensei você gostasse de me dar prazer! Além de que, se vocÊ for obediente posso ser muito boa com você, olha só como está seu pinto e seu saco, vocÊ ta louco pra gozar, já vi que você tem nojo da sua própria porra pode ficar tranquilo que não vou fazer você lamber ela, mais posso fazer você gozar bem gostoso agora o que você acha?
Luciano só pensando em gozar disse: tabom, pode ser vem aqui!
Luciano foi pra cima de Fernanda esqueceu de que ela mandava na situação pois ela de quatro, e começou a meter bem forte, Fernanda nesse momento ouviu o que queria, que era a 'aprovação' de Luciano então deixou ele no controle por alguns instante e simplesmente curtiu ele fodendo ela de quatro, bem forte, dando tapas do jeito que ela gostava. Fernanda gritava e gemia bem alto, Luciano parecia um animal e soltava sons sem nexo e sentindo seu gozo chegando falou: VOU GOZAR DENTRO DE VOCÊ SUA GOSTOSA!
Entre gemidos, gritos, tapas, Fernanda gozou e logo em seguida Luciano também, gozou muito, 8 dias sem gozar é muita coisa.
Depois de gozar foi diminuindo o ritmo tirou o pinto e já começou a cair aquela porra bem consistente e em grande quantidade.
Os dois se beijaram, abraçaram, Luciano feliz da vida por ter gozado mau lembrava do que tinha acabado de dizer que faria. Fernanda só pensava nisso, tomou um banho pra se limpar e foi dormir, já era tarde.
No dia seguinte o mesmo de sempre, Fernanda acordou se arrumou, acordou Luciano e foi trabalhar. Durante o dia ela só pensava no que tinha conseguido e se Luciano iria cumprir. Anoite em casa Fernanda não perdeu tempo foi logo entrando em um site de SexShop e comprou o tal Cinto de Castidade. Quando Luciano chegou ela recebeu ele normalmente com 1 beijo e disse que tinha comprado aquilo que tinha falado na noite anterior.
Luciano mau se lembrava, quando Fernanda falou Cinto de Castidade Luciano gelou na hora, pensou que era coisa de momento, coisa falada na hora do tesão e Fernanda foi mostrando o modelo pra ele. Luciano olhava fixamente pra foto e não dizia uma palavra, Fernanda em tom irônico dizia: gostou amor? Escolhi bem, procurei bastante um modelo certo pra guardar esse pinto.

Luciano só pensava no que estava por vir...


**CONTINUA**
*Se gostou vote, comente, de sugestões*

Foto 1 do Conto erotico: Castidade - parte 5

Foto 2 do Conto erotico: Castidade - parte 5

Foto 3 do Conto erotico: Castidade - parte 5


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario cornutto

cornutto Comentou em 01/11/2017

abençoada esposa que domina o marido...

foto perfil usuario casal-castidade

casal-castidade Comentou em 12/09/2014

Muito boa a serie de contos! Estamos ansiosos pelos proximos. Eles sao bem sexies, estamos fazendo essa brincadeira tambem. Nao sei se vamos usar o cinto, acho que nao, mas ate agora foi tudo bem safado e gostoso. Queremos o proximo, se voce souber quando vai sair me avisa.

foto perfil usuario

Comentou em 28/10/2013

Tadinho do bichinho.... kkkkk... bjusssss




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


28205 - Castidade - parte 1 - Categoria: Fetiches - Votos: 9
28910 - Castidade - parte 2 O telefonema - Categoria: Fetiches - Votos: 4
29233 - Castidade - parte 3 "Duas noites sem gozar" - Categoria: Fetiches - Votos: 6
29369 - Castidade - parte 4 "Testando os limites dele" - Categoria: Fetiches - Votos: 16
67304 - Castidade - parte 6 "Primeira noite com o cinto" - Categoria: Fetiches - Votos: 2
72078 - Primeiro chifre e já segurei ela pro outro comer - Categoria: Traição/Corno - Votos: 14
78283 - CASTO E CORNO NO PRÉ-CARNAVAL DE SP - Categoria: Traição/Corno - Votos: 10

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico fpmt

Nome do conto:
Castidade - parte 5 "Fazendo ele aceitar o Cinto"

Codigo do conto:
37387

Categoria:
Fetiches

Data da Publicação:
25/10/2013

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
3


Online porn video at mobile phone


conto erotico gay cara do hornetcontos eróticos variadosmecânico se esfregando em gaycontos massagens heroticasCAPITULO A17 – A primeira vez tudo é estranho...porno cintura remelexomae putinha contosi coroa grande arombou minha esposa contoEdna minha vizinha safada contoconto erotico sogrocontos eroticos bissexuaisQuadradinho erotico conto 2006meninas irmas transandominha Irma e minha prima peladacontos eróticos menina pornôleitinho do papai contos inocenteconto erotico meninadwolland coroa gauchaquadrinhos porno vovo voieurconto erotico viciei da a bunda gay na encolhaminha mae e ninha tia contoperdi as preguinhas do cu quando era pequenaconto+erotico+fingir+que+dormia+e+meu+filho+mim+comeuContos eroticos com fotos de podolatria com a empregada dormindoconto eu rotico eu rotico fui pasia acabei me perdendo e fui estrupadaconto erotico swing pornoconto erotico curradaquadrinho porno sogra30cm no cú de tia contocontos erotico-querendo vocêconto erotico perdi a virgindade do cu fotoscontos eroticos do treinador em quadrinhoscontos eróticos adoida minha sogra pediu pra mim tira fotos delacontos erotico subrinho do pal pequenosexo conto banda desenhadacontos eróticos aprendendo com a esposaContoeroticoabusosquadrinhos porno madura rabudacontos eróticos vovó comendo o cu da netinhacúmplices de um resgate pornodesejossecretosporno casadas dona emily quadrinhosConto erotico de irma tendo orgasmo com irmaoconto comi cunhada novinhaseiren porno a filha gostosa da empregadacontos eroticos gay primocontos eróticos me vez chantagem meu amigo me comeucontos eroticos vi mamae fuderconto erotico patriciacontos eroticos fotosgemendo e fritado como loco pau novinho gay fotoscontos eróticos gay Dei.Minha Bunda Pro.Amigo Do.Meu FilhoA Cu Invocante completoera pra ser so uma massagem mas minha esposa agarrou o massagistacontos eróticos gay dei meu cuzinho para o pai do meu colegaquadrinhos eróticos de gays o amigo negro do meu filho parte 1contos eroticos o empregado do nelsonpriminha gostosa porn comic familyFODER!DOEÑte!.TRAtada!E!ORTASConto erotico evangelicacontos eroticos de garoto que deu a bunda e foi arrombado pelo trabalhador rural e seu amigocume menina de buceta pequena contose******** a sapequinha na prima novinha inocente contos eróticoscontoerotico sobrinha cabacinhacontoeroticodfcontos casado by o dia que eu goseipelo cu gostosoconto erotico na escolaconto erotico meu pai me seduziumae e filho teplano pornovídeo pornô gay só dotado historia de prederofoto xoxota da josinhacontos eroticos gay de negaoCONTOS FOTOS EROTICOS TIO NEGAO PIROCUDO COM SOBRINHAS VIRGEMViadinho de calcimhaconto erotico provoquei o marido da minha primacontos erotico menstruadaConto porno putinha do velho desde de novinhaConto erotico - Estuprei a mina no baile funkela engoletodo pau e aparece na gargantacontos do vaqueiro esposa e angelica safada