uma viagem estranha


Click to Download this video!


uma viagem estranha
olá a todos bom vou narrar um historia e vocês julguem se é verídica ou não.
este caso aconteceu com Paulo durante uma viagem para o nordeste, vamos começar do comecinho.
Paulo é uma rapaz meio tímido teve pouca sorte na vida financeira, nascido no nordeste mas criado em sp, Paulo sempre teve vontade de fazer uma viagem de carro pelo Brasil uma viagem de aventura.
mas como disse anteriormente Paulo é uma rapaz que não tinha muita sorte na vida financeira só arruma serviço para ganhar pouco e comprar um carro era uma coisa muito difícil para ele apenas aos 30anos ele conseguiu tirar a carta de motorista, e aos 31compro uma Brasília velha que só te deu dor de cabeça.
aos 33anos conseguiu um gol quadrado também velho mas desta vez não teve muita dor de cabeça pois o gol apesar de velhinho tinha uma mecânica boa, ficou 3anos com o gol nesse período ficou treinando para quem sabe um dia com um carro melhor realizar seu sonho de viajar de carro pelo brasil, ele foi varias vezes a aparecida do norte, Atibaia, Bragança só para pegar o jeito de dirigir na estrada, mas ele ficou desempregado e teve que vender o carro e adiou seu sonho.
mas aos 40anos Paulo graças a alguns cursos que fez conseguiu um emprego com um salário bem melhor do que ele costumava ganhar ai com 8meses trabalhando nesse emprego conseguiu comprar um gol bola 96, ficou indo trabalhar todos os dias com o carro para testar e o carro nunca deu problemas.
Paulo então decidiu que nas férias ia viajar com o carro para salvador na Bahia.
chegou o dia de Paulo assinar as férias ele do serviço foi direto para uma oficina trocou o óleo do carro, foi em um hipermercado e compro 4 pneus novos e mandou trocar, foi no lava rápido deu uma geral no carro e finalmente chegou o dia da sua viagem.
no dia seguinte as 4hs da manhã Paulo pegou o carro e foi para sua aventura, desceu para baixada pois queria pegar a br101 para conhecer todo o litoral mas Paulo se embananou e acabou se perdendo pela baixada e não conseguiu achar a br101 então decidiu ir pela Dutra ai Paulo volta tudo e ainda pegou um baita transito só conseguiu chegar na Dutra por volta das 12hs e finalmente seguiu viagem.
Paulo apesar dos problemas que encontro estava tão animado que dirigiu ate o rio de janeiro praticamente sem parar só parou uma vez em cruzeiro no interior de sp para por gasolina.
chegando no rio Paulo parou em um hotelzinho para descansar e dormir.
Paulo ia embora no dia seguinte mas resolveu ficar no rio mais um dia para conhecer as belas praias.
levantou-se bem cedo pergunto para o rapaz da recepção qual era a praia mais próxima e como chegar a rapaz lhe passou as informações e ele foi chegando lá ficou maravilhado com aquele mar azul conforme foi passando as horas a praia foi enchendo foi chegando muitas mulheres, Paulo ficou doido de ver aquelas mulheres saradas com curvas generosas pele bronzeada e usando o mínimo de roupa, Paulo passou o dia ali tomando água de coco e comendo peixe frito, tirou algumas fotos com o celular e depois volto para o hotel no dia seguinte saiu cedo para pegar estrada rumo a seu destino salvador.
Paulo rodou, rodou ate que finalmente saiu do rio e entrou em minas gerais, ficou só apreciando a paisagem rural de minas, ate que num certo momento avistou uma mulher na estrada dando sinal para os veículos que passavam Paulo passou por ela e percebeu que era bem atraente parecia ter uns 30anos um jeito meio de caipira com um vestido florado ate os joelhos Paulo passou por ela mas se arrependeu pensou derrepente posso conseguir alguma coisa com a caipirinha, Paulo retorno logo a frente e volto para passar por ela de novo mas Paulo deu azar quando estava chegando perto um caminhão parou e deu carona para aquela mulher .e Paulo seguiu viagem.
e finalmente Paulo entrou no interior da Bahia.
Paulo foi rodando pelo interior da Bahia mas tinha que ir mais de vagar pois a estrada era muito ruim era uma região muito pobre, mas a trancos e barrancos já durante a noite Paulo chegou a salvador .
bom como eu disse anteriormente Paulo chegou finalmente em salvador, arrumou uma pousadinha para ficar num bairro chamado boca do rio, era uma pousada familiar bem aconchegante a dona se chamava jurema uma senhora já de idade muito simpática, Paulo muito cansado janto e caiu na cama e praticamente desmaio só foi acordar no outro dia por volta das 10hs da manha.
Paulo se levanto se compôs foi ate o refeitório para tomar café, e lá encontro outros turistas estava ele tomando café quando um rapaz se aproximou e sentou na mesma mesa que Paulo e disse "como vai tudo bem meu nome Rodrigo estou fazendo um tur. aqui pela Bahia muito bonito aqui não acha"?
Paulo respondeu "prazer sou o Paulo não posso dar opinião ainda sobre este lugar pois cheguei ontem aqui vim de carro to realizando um sonho de viajar de carro pelo brasil, e você Rodrigo veio da onde"?
Rodrigo disse"vim do Paraná também estou viajando de carro é muito legal quando vemos alguma coisa interessante podemos parar e apreciar sem se preocupar esta já e a segunda vês que Faço este tipo de viagem acho que estou viciado, mas pulo se você quiser agente pode rodar pela cidade eu já conheço bons lugares para irmos".
Paulo disse "aceito sim Rodrigo vai ser bom andar com alguém que já conhece salvador pois eu não conheço nada".
Rodrigo então disse "beleza então se apressa que hoje vamos conhecer algumas praias aqui de salvador".
Paulo terminou e os dois saíram no carro do Rodrigo foram em varias praias, no dia seguinte foram no farol da barra . no terceiro dia Paulo disse ao Rodrigo que tinha o sonho de conhecer uma praia de nudismo, Rodrigo disse" porque você não falou antes achei que você não curtia estas coisas você é meio quietão pensei ate que fosse crente", Paulo disse " muita gente acha que eu sou crente porque sou meio serio de mais mas não sou não" Rodrigo disse então amanha cedo agente vai em uma praia de nudismo mas temos que sair bem cedo porque fica em outra cidade" Paulo disse "tudo bem mas Rodrigo eu não quero entrar na praia porque tenho vergonha de tirar a roupa quero apenas observar de longe" Rodrigo disse ai complicou então teremos que passar pelo mato para entrar na praia porque na entrada tem fiscalização pessoas com roupas não podem permanecer na praia, mas agente da um jeito vai ate ser emocionante o proibido é mais gostoso".
no dia seguinte Paulo e Rodrigo saíram cedo e pegaram a estrada duas horas depois chegaram em uma cidade, deixaram o carro no estacionamento e pegaram um ônibus que passava em uma estrada que ficava perto das praias da aquela região.
passando num determinado ponto o ônibus entro em uma estrada atrás de uma mata, e Rodrigo disse" bom Paulo a praia fica atrás desta mata da uma hora mais ou menos de caminhada quer continuar?
Paulo disse" bom amigo já estamos aqui vamos lá, "é assim que se fala Paulo " disse o Rodrigo e desceram do ônibus.
Rodrigo e Paulo ficaram andando uns dez minutos na beira da mata para achar um lugar bom para entrar, quando viram uma trilha bem estreita e entraram e seguiram em frente e andaram por quase uma hora ate que a mata começou a mudar começaram a topar com pedras e areia ate que mais a frente tinha um terreno bem rochoso com muitas rochas grandes começaram a ouvir o barulho do mar e sons bem ao longe de pessoas finalmente chegaram
Rodrigo e Paulo se abrigaram atrás de umas rochas e ficaram observando a praia no começo viram mais homens e umas coroas nuas Rodrigo ficou meio decepcionado e disse "nossa andamos tanto para ver homens e estas tiazinhas cheias de pelancas".
Rodrigo disse "calma Paulo chegamos agora vamos observar mais,
Continuaram ali observando quando viram ao longe um três pessoas vido caminhando pela praia quando foram chegando mais perto perceberam que se tratava d um casal aparentando uns 50anos e uma moça que aparentava uns 20anos, a moça era bonita de rosto mas era muito magra e branquela.
Rodrigo disse" e ai Paulo você disse que só tinha tiazinha pelancuda olha La uma novinha".
Paulo disse" é magricela mas pelo menos tem a juventude ao seu favor e é bem higiênica olha a xaninha dela bem raspadinha não é lá estas coisas mas já deu para pelo menos eu ficar de pau duro'.
Rodrigo deu risada e disse “acho que a magrela nos viu ela deu uma olhada para cá’’”.
eles ficaram olhando aquelas pessoas passando quando deram uma parada e ficaram olhando para o mar derrepente a moça disfarçou e olhou para traz em direção a eles e deu uma risadinha. Paulo ficou assustado e disse' é melhor agente ir embora ela nos viu',
Rodrigo disse calma ela não vai fazer nada se fosse tinha falado para o casal que esta com ela '. Derrepente a moça se levantou e falou alguma coisa para o casal e saiu em direção a umas pedras e sumiu.
Paulo disse" vamos embora acho que ela foi chamar os seguranças' Rodrigo disse" para de ser bundão Paulo a menina deve ter ido fazer necessidades'.
passou uns 5minutos os dois estavam lá escondidinhos quando um susto uma mão tocou o ombro deles levaram um baita susto era a moça que estava ali e pergunto oque eles estavam fazendo ali.
Paulo ficou sem fala e Rodrigo mais despojados disse" não é da sua conta garota segue seu rumo sua magrela anêmica".
a garota em tom de deboche disse "se eu sou tão magrela e anêmica como disse porque vocês estão de pau duro na minha presença "? Rodrigo disse "quem esta de pau duro aqui garota se liga". a garota empurrou os dois contra uma rocha e segurou no pau deles e disse' se isso não é duro então me diga oque é isto ".
Rodrigo e Paulo ficaram surpresos com o gesto da garota e ficaram com os olhos arregalados a garota percebendo que tinha o controle da situação abaixou a bermuda dos dois tirou o pau deles para fora e começou a punheta-los bem devagar os dois ficaram sem reação na hora e a garota disse" querem desfrutar da magrela meus gatinhos curiosos".
ela mandou o Paulo se deitar no chão e fico de 4 e começou a xupalo deu uma parada e olhou para o Rodrigo e disse" oque você esta esperando me fode por traz', Rodrigo sem pensar duas vezes enterrou seu pau naquela xaninha magrinha dela Paulo já estava revirando os olhos de prazer .
a garota parou de xupar o Paulo e disse calma gato não vai gosar quero você dentro de mim ainda".
a garota se desvencilhou do Rodrigo pediu que Paulo ficasse na mesma posição e sento no pau dele e começou a cavalgar enquanto o xupava o pau do Rodrigo ficaram um tempo nesta posição ate que ela não aguento e goso paro de cavalgar no Paulo e continuo xupando o Rodrigo ate que ele gosou na sua cara e em seguida começou a xupar o Paulo ate que ele finalmente gosou também na sua cara que ficou encharcada de porra.
a garota olhou para os dois e disse' esta vendo vocês ficam com preconceito contra as magrelas garanto que vocês nunca tiveram uma experiência assim com uma gostosona cheia de carne né'.
a garota se virou e foi embora e os dois ficaram ali ainda meio moles ate que olharam um pro outro e Paulo disse "nossa que doideira nunca gosei tão gostoso assim". “Rodrigo disse” cara partir de hoje vou mudar meu conceito em relação as magrelas'

Bom agora vou narrar a volta de Paulo.

Bom como vocês leram anteriormente Paulo teve uma bela experiência sexual, na praia de nudismo.

Paulo e Rodrigo foram embora para a pousada no caminho Rodrigo disse a Paulo” e ai cara vamos continuar nossa vagem juntos eu vou para o ceara, rio grande do norte, maranhão Piauí . e depois para a região norte este lugares que vou as mulheres são facinhas basta elas saberem que agente é do sul que ate brigam pela gente você vai ate enjoar de tanto comer xana vamos cara”? Paulo queria ir pois sempre teve dificuldade de arrumar mulheres por causa da sua timidez e esta seria a chance de tirar a barriga da miséria, mas Paulo estava com o dinheiro contato para sua viagem e não podia ir mais longe que aquilo, ficou com vergonha de dizer a Rodrigo que não ia por falta de dinheiro e disse que suas férias acabariam em uma semana e tinha que voltar.

Rodrigo entendeu e foram seguindo viagem de volta para a pousada.

No dia seguinte Paulo se despediu do Rodrigo e pegou estrada para voltar para sp, mas resolveu desta vês voltar pela Fernão dias para conhecer outras regiões de minas, pediu in formação em um posto de como voltar para SP pela Fernão dias .

Depois de ter pegado as informações Paulo seguiu viagem, Paulo rodou pelo interiorzão da Bahia e no final da tarde finalmente entro em minas rodou um pouco e parou em um hotelzinho de beira de estrada e passou a noite ali. No dia seguinte abasteceu o carro e seguiu viagem, rodou bastante e por volta das 16hs chegou em belo horizonte Paulo parou e um posto e resolveu tirar um coxilo par ganhar forças para dirigir a noite inteira sem parar ate SP, coxilo ate umas 20hs e saiu Paulo rodou umas 3hs ate que percebeu que estava apenas com um quarto de gasolina no tanque e saiu procurando um posto a estrada estava muito deserta e com um pouco de neblina Paulo estava morrendo de medo de ficar sem gasolina mas finalmente ele avistou a frente um posto bem pequeno na beira da estrada e parou para abastecer .

Paulo abasteceu e saiu quando ia saindo do posto já no acostamento viu logo a frente uma mulher uma coroa aparentava ter uns 50anos mas muito bem conservada o corpo parecia de uma menina de 20anos ela deu sinal Paulo ficou meio recioso e pensou será que não é assalto mas a mulher não estava com bolsa nenhuma e usando um vestido branco com estampas floradas em azul, não parecia esta escondendo arma com ela Paulo resolveu para e disse”para onde a senhora vai”? a senhora respondeu com um sotaque bem mineiro” vou para extrema o senhor pode me dar uma carona moço”. Sim entra ai senhora respondeu Paulo.

Paulo saiu com o carro e foi seguindo viagem e no caminho Paulo só de olho na mulher loco para traçar a coroa gostosa mas ela não dava nenhuma brecha, Paulo resolveu puxar assunto e pergunto “qual seu nome” a mulher respondeu Carmem Paulo disse “ o meu é Paulo esta meio frio quer uma blusa minha emprestado” a Carmem respondeu não obrigado estou bem”.

Paulo já doido para comer a tiazinha pensou devo ser mais ousado oque de pior pode acontecer é ela pedir para descer do carro e eu sigo em frente.

Paulo então disse “você e estava fazendo oque na beira da estrada tão tarde da noite”? e ao mesmo tempo pós a mão na perna dela. Carmem olhou para ele e tirou a mão dele e disse “você me respeite eu não sou dessas” Paulo se irritou e entro com o carro em uma estradinha dentro de um canavial paro e disse”se você não é dessas porque fica pedindo carona na estrada tarde da noite “.

“Ela não respondeu nada e Paulo enfiou a mão por debaixo da sua saia tentando tocar sua xana e beijar ela ao mesmo tempo, mas Carmen o empurrou e deu uma tapa bem forte na sua cara, Paulo ficou irritadíssimo abriu a porta do carro e disse” desse sua vadia não sou obrigado a te dar carona vai desse porra” ela êxito em descer Paulo saiu do carro e puxou ela pelo braço e arrastou para fora do carro e ela disse”por favor Paulo não me deixe aqui”.

Paulo não quis nem saber e arrancou com o carro, mas quando já ia entrar na rodovia bateu a consciência nele e ele se arrependeu e disse a si mesmo oque que eu fiz coitada da senhora.

Paulo manobrou o carro e volto e La estava Carmem em pé ele abriu porta e ela entro ele disse “me desculpe não sei oque deu em mim não se trata assim uma mulher, Carmem disse” me desculpe pelo tapa eu fiquei muito irritada você foi muito ousado .Paulo ligou o carro e começou a andar quando Carmem disse”pare o carro Paulo” Paulo parou e disse”oque foi esqueceu alguma coisa La atrás “? Carmem disse não ficou olhando para Paulo e o agarrou e deu um longo beijo e pegou a mão de Paulo e pós por debaixo da sua saia Paulo ficou surpreso mas começou a alizar a xana da Carmem ela se contorcia de tesão mordia a orelha de Paulo, Paulo já doido abaixou os bancos Carmem tirou a calsinha mas Paulo vendo ela tirar a calsinha rapidinho tirou a calsa e a camisa Carmem caiu de boca no seu pau e começou a chupa-lo depois subiu em cima e começou a cavalgar bem rápido parava de vês enquanto para beija-lo dava beijos bem fortes que parecia que queria arrancar a língua dele fora, Carmem saiu de cima dele e deitou com as pernas bem abertas e disse' vem' Paulo subiu em cima dela e começou a penetrar bem gostoso Carmem gemia forte parecia um vulcão adormecido entrando em erupção, Carmem se virou arrebitou a bunda e para surpresa de Paulo disse” vem fode meu cúzinho vai Paulo mas sem dó pode judiar “Paulo monto em cima de Carmem e enterrou seu pau sem dó no cúzinho da Carmem que gritava” ai..ai... nossa Paulo como é grande você e muito malvado isto vai vai judia da coroinha aqui vai...vai...bate na minha bunda Paulo deus tapinhas ela disse “ bate mais forte...mais forte” Paulo atendeu e deu uns tapas bem forte que estralava Paulo já não estava aguentando quando deu um gemido bem auto e goso enchendo o cúzinho da Carmem de porra . os dois se arrumaram e seguram viagem .

Por volta das 5hs da manhã Paulo chegou a extrema e Paulo disse “pena que agente mora tão longe um do outro se não agente podia se ver outras vezes a onde você quer que eu te deixe Carmem”? Carmem deu um sorriso e disse eu te mostro o caminho Paulo foi seguindo as instruções de Carmem ate que chegaram em uma rua com bastante arvores e um muro branco bem cumprido Carmem disse “ é naquela rua ali em frente mas me deixe aqui não quero que me vejam chegar acompanhada de uma homem “Paulo a deixou ali onde ela falou e ficou observando ela entrando na ruasinha que ela falou, Paulo pensou vou com o carro ate a esquina daquela rua para ver se ela chegou bem Paulo foi ate a esquina e viu Carmem seguindo na rua quando derrepente ela entra em um portão bem largo que não parecia de casa, Paulo ficou curioso e resolveu passar em frente quando viu uma coisa que o deixou transtornado o lugar que Carmem entro era o cemitério de extrema Paulo sentiu um calafrio enorme pelo corpo e arranco com o carro e saiu em disparada .

Uma semana depois marcos um colega de trabalho disse que estava achando Paulo estranho depois que voltou das férias Paulo então resolveu se abrir com o marcos e conto tudo o marcos ficou arrepiado, mas quis investigar a historia e chamou Paulo para ir visitar o cemitério de extrema Paulo relutou, mas de tanto insistência por parte de marcos Paulo concordo e num sábado foram a extrema chegando foram direto para o cemitério e pediram na recepção um mapa da localização dos túmulos de mulheres chamadas Carmem .

Com as informações na mão foram andando de tumulo em tumulo ate que chegaram em um bem simples que tinha uma foto era a Carmem que Paulo deu carona Paulo ficou apavorado queria ir embora mas marcos o segurou e chamou um coveiro que estava ali perto e pergunto se ele sabia alguma coisa sobre a mulher enterrada ali o coveiro disse sei sim esta é Carmem era uma mulher muito bonita ela gostava muito de viajar usava sua beleza para conseguir viajar de graça conseguia carona fácil na estrada mas um dia pegou a carona errada voltando de belo horizonte foi estuprada e morta na estrada por um caminhoneiro dizem que o fantasma dela continua pedindo carona ai na Fernão dias não sei se é verdade o povo gosta de contar historias .

Paulo e marcos foram embora e no caminho Paulo disse “será que eu transei com um fantasma”.

Boa esta historia foi contada a mim pelo marcos verdade, mentira não sei cabe a vocês julgarem acreditem se quiser e um conselho cuidado com as coronas nas estradas.

Fim


Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico pintogrosso

Nome do conto:
uma viagem estranha

Codigo do conto:
30098

Categoria:
Coroas

Data da Publicação:
03/06/2013

Quant.de Votos:
3

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


meu chefe tesao sexo prazer contoconto gay ubermaexesoarebentei as pregas do cuzinho da minha irma novinha contosquadradinho erotico incesto COM HUMORlanbendo buceta porno doidomuito inchada e molhada de gosoContoeroticofodicontos eroticos comendo cu da amiga com o maridoRelatos e contos de incesto e zoofilia consentidokaçador35conto erotico casada fodendo gostoso com um entregador de gaslevei chifre contofrancinecross crossdressmulher de bocão enorme engole caralho ggUltimos contos de coroagosandoprimeiravezextraordinário quadrinho e contos incesto pornoEngravidando do negao quadrinhos eroticosconto porno velho roludoConto de incesto de pai filha e tioperdi as preguinhas do cu quando era pequenaempregada sendo chantageada porno filmemulekerporranocupai aran cando caboso da filha incestocontos gay ciclistagayzinhos contando como foi que perderam o cabaçocontos eróticos de corninholoira do ônibus contos eróticoscontos minha vida de cornoContos de gang bang com dotados novinhaa chamada cadela incestosobrinho comendo sua tia de sangue conto eroticocontos eroticos colega de quarto vira femea gaycontos to com o cuzinho todo arrombado e meu marido nem imaginanifeta de chotinhocontos eróticos de brigas e reconciliaçãoconto a pregadora da igreja safadaconto erotico eu casada deixei o primo do marido goza na minha bocacontos eroticos com july fotosSenti a buceta inchada conto eroticoFotos das bucetinhas lizinhas babandocontos eroticos incesto com fotos pag 50corno apanha na cara esposa fad ele chupar a buceta delaa com pau ddentro xvidioconto erotico tia lesbicapequenina conto eroticoporno da familiaConto erótico sexo com mães e filhoshistorias em quadrinhos pornograficcontos eróticos com fotos cumi o cuconto erotico traindo meu marido com 3contos eroticos coroas safadasporno ceduzido no jogo de bilharColégio.Incestocontoadorei ser encoxada pelo meu filhoconto erotico maquinha gulosaConto erotico de bucetinha apertadaCotos com foto comi o cu do meu irmao gayPriminha gostosa da cadeira de roda conto.eroticofamília parte 1 contos eróticosCarol puta desde novinha contospego a enteada estudando de sorti curto e frocho pornocontos eroticos gratis de meu pai tem um pintao grossoconto erotico: meu pai e seus amigos me comeram gostosohistoria em quadrinho mae e filho pornoconto erotico sou uma coroa carenteporno quadrinho cunhadasexo mulher 70 anos conto eroticoVideos e contos amadores eroticos marido pede primeiro menage esposa timida ela fala vou pensacontos eroticos garoto gay dando o cuzinho virgem brincando de esconde escondeconto eroticonovinho virgem e as priminhas virgenscontos eroticos meu tio me embebedou e me chupou eu dormimdoconto erotico novinho sentando na piroca do negaocontos de incesto engravidei minha mae e minha irmãconto erotico mamae me ensinou a bater punhetaultimos contos sadomazoquistaconto erotico de mulher coroa no campocontos eróticos do filho da mamãe é bichaporno perdendo o cabaço[email protected]Contos.encesto.doparo.mamaebunduda ctsensacao de garganta crescendo quando engolewww.quero ver fotos de bucetinha inchada de tesaoincesto entre irmã e irmão gemeos contos eroticosnegrinha feis sexo com o pai por vingançassaite porno desfilando nua ou votacao nuaquadradinho erotico incesto COM HUMORbucatao da rutekomiks porn story cartoon momconto erótico pistacontos eroticos anãocontos eroticos gays com vaqueiroscomeu a prima no mato porn mozBuceta da vovô