FINGI DORMIR E COMI A NINFETA


Click to Download this video!


Minha sobrinha me pediu para que a levasse até o Guarujá onde iria passar o final de semana com 5 amigas e como não sei falar não para ela, levei-a sem problemas. Saímos de casa na sexta-feira a noite, minha esposa não quis ir pois estava cansada e não estava a fim de ir e voltar em uma noite. Seguimos viajem e chegamos sem problemas, apenas o tempo que estava ameaçando uma chuva forte. Ajudei-a com as malas e elas não me deixaram voltar sem que me preparassem algo para comer. Aceitei a gentileza e não pude deixar de reparar na beleza das amigas de minha sobrinha. Todas lindas, garotas de 18 até 22 anos no máximo, patricinhas mesmo, pois são garotas riquinhas, que vivem em shooping, academias e etc.. Comeria todas, mas não era para o meu bico, o que elas iriam querer com um coroa de 39 anos? Tenho 1,90m 89kg, olhos e cabelos castanhos e cavanhaque, enfim um cara normal e achei que nenhuma delas me daria bola afinal nem estava lá para isso e iria embora na mesma noite. Mas na hora de eu sair minha esposa ligou e minha sobrinha atendeu meu celular e ela me disse para que eu esperasse um pouco para voltar pois em SP estava caindo um dilúvio e estava alagando quase todas as regiões. Uma hora se passou e minha esposa ligou e achou melhor que eu dormisse em algum hotel no Guarujá pois SP estava totalmente parada e provavelmente eu iria ficar preso no trânsito. Resolvi ficar e falei para as meninas que iria para um hotel, mas fui impedido de partir, insistiram para que eu ficasse, pois tinha lugar para eu dormir etc e tal, mas na realidade eu não queria ficar, pois estava a fim de ir para um hotel e dar uma “galinhada” na cidade, mas não teve jeito, tive que ficar. Tenho que confessar uma coisa, foi uma noite muito divertida, elas não saíram e ficaram comigo o tempo todo, me senti um paizão, contei historias da minha vida, minhas aventuras quando tinha a idade delas e etc., rimos bastante e até que bebemos um pouco além da conta. Eram aproximadamente 23:00hs, dei uma ligada para minha esposa e a situação em SP estava crítica ainda, não dava para eu voltar. Ela me tranqüilizou, estava vendo TV com minha filha e a outra já estava dormindo. Contei-lhe que ficaria no apartamento da minha sobrinha e ela achou melhor pois era perigoso elas ficarem sozinhas lá. Na hora de dormir, eu fiquei com o sofá e elas nos quartos. Estava uma noite abafada e na sala batia uma brisa gostosa. Eu estava de cueca samba canção apenas pois não tinha outra roupa e nem estava muito preocupado se elas me viriam de cueca ou não pois não tem muita diferença dessa cueca e de um short, foi quando vi uma delas saindo do quarto.Fingi que estava dormindo e vi que ela foi até a cozinha, quando voltou, chegou perto de mim e ficou me olhando. Eu estava deitado de bruço e senti ela me dar um leve toque na minha perna, continuei imóvel, em seguida ela ergueu minha cueca na parte da perna e acho que ela deu uma olhadinha na minha bunda. Em seguida ela foi para o quarto. Logo ela volta e vem arrastando um colchão e o coloca ao lado do sofá que eu estava, e já vi que não iria prestar ela ali. Essa garota era uma loirinha daquelas que eu gosto: magrinha, cabelos loiro natural, pele branquinha, lembrava um pouco a Suzana Werner, enfim, um tesão. Ela se acomodou e não deu 10 minutos ela já estava ajoelhada me olhando bem de perto como se estivesse me analisando. Começou a me tocar de leve, colocou sua mão nas minhas costas, depois na minha perna e até apertou de leve em seguida encostou o rosto levemente na minha perna na parte de trás e encostou a ponta da língua. Senti sua respiração ofegante e lentamente eu me virei, ela de imediato se jogou no seu colchão fingindo dormir e eu também fingia, fiquei de lado virado para ela e novamente ela se ajoelhou e começou a me tocar. Agora meu pau estava de frente para ela e por cima de minha cueca ela tocava bem de leve, mal dava para sentir, a medida que ela se excitava seus toques ficavam mais firmes, pela abertura da minha cueca ela foi tentando colocar a mão e fazia muito delicadamente o que me excitava ainda mais, ela alcançou meu pau e ficou apenas segurando sem fazer qualquer movimento. Com a outra mão ela se masturbava e acho que chegou a gozar pois abaixou a cabeça e soltou um leve gemido. Passado isso, com a outra mão ela tentou abrir caminho para tirar meu pau de dentro da cueca e conseguiu, soltou em pau e ele ficou durão apontando para minha barriga, ela ajoelhada apoiou os cotovelos no sofá e começou a passar a língua em todo meu pau, subia e descia sem colocar as mãos em seguida deitou seu rosto na minha barriga, sem se apoiar muito e abocanhou a cabeça do meu pau, com o dedo indicador e o polegar ela foi puxando meu pau para trás levemente para liberar todinha a cabeça e começou a chupar vagarosamente, eu não tinha como disfarçar mais e coloquei minha mão nos seus cabelos, ela se levantou de imediato e ficou me olhando com cara de assustada, acariciei seu rostinho e falei para ela continuar pois estava muito bom, com um sorriso no rosto ela se encostou novamente na minha barriga e começou a chupar novamente, só que agora ela fazia mais livremente, chupava a vontade, beijava, passava no rosto, enfim se deliciava com meu pau; pedi para que ela subisse na cama pois também queria chupa-la e fizemos um 69 delicioso, chupava aquela bocetinha loira com toda a sede do mundo, enfiava minha língua o máximo que podia, senti todo o calor do seu sexo em minha boca por duas vezes ela gozou e deixou-me totalmente lambuzado com seu líquido tesudo. Sua bocetinha era tão linda que eu não conseguia parar de chupar, quando começava a doer meu maxilar, eu apenas beijava e não colocava minha língua tão fundo, colocava a ponta da minha língua em seu cuzinho também e essa foi a razão do seu segundo gozo, ela estremeceu toda, parou de chupar meu pau e apertou com força passando-o em seu rosto e nessa hora eu gozei também, mas não em sua boca, meu esperma espirrou em seu rosto e pescoço, quando terminei ela abocanhou novamente e chupou até meu pau ficar mole.Ela foi ao banheiro lavar-se e em seguida deitou em seu colchão, e eu fui ao banheiro, quando voltei ela estava deitada de bruços e quando me viu, colocou o travesseiro sob sua virilha fazendo com que sua bundinha ficasse empinada para cima. Peguei em seus pés e dei uns beijinhos, beijei suas pernas também e acabei fazendo uma deliciosa massagem na minha loirinha que gemia baixinho de tesão, conforme massageava suas costas, deixava meu pau bem na entrada de sua bocetinha, mas não enfiava, ela bem que tentava fazer com que eu enfiasse, mas eu tirava, pois queria aproveitar ao máximo aquele filezinho, virei-a e comecei a chupar seus seios rosados, acho que fiquei uns 30 minutos acariciando e chupando aquele par de seios durinhos e pequenos, eu alisava seu corpo todo e sentia sua pele macia e lisa de adolescente, a cada toque meu sentia seus bicos enrijecerem em minha boca, comecei a chupar seus seios e a masturbar fazendo com que ela chegasse ao delírio gozando muito, em meio ao seu gozo, resolvi presenteá-la com oral inesperado, coloquei minha boca em sua bocetinha e suguei seu clitóris fazendo movimentos com minha língua, dei-lhe um verdadeiro beijo de língua fazendo com que ela quase desmaiasse de tanto tesão, aproveitei que sua bocetinha estava encharcada e virei-a de costas novamente, coloquei meu pau bem devagar e fui entrando até o fundo, senti todo o calor de seu corpo jovem, sua bocetinha era quente e ela estava novamente excitada ela rebolava bem devagar mas seus movimentos eram largos fazendo com que a gente balançasse bastante, agarrei sua cintura e erguemos nossos corpos, transamos de joelhos mas com o corpo erguido, acariciei seus seios, ela ergueu seus braços fazendo com que seus seios ficassem empinados o que me encheu de tesão, ela se inclinou ficando de 4, fazíamos movimento de vai e vem, sua bundinha batendo em minha virilha me deixava louco de tesão agarrei em sua cintura e apertei forte ela ficou forçando para trás e eu para frente, ela contraia sua bocetinha apertando meu pau que já latejava de tanto tesão, ela já estava gozando e rebolava como uma desesperada e eu enfiava cada vez mais fundo até que não resistindo mais tirei meu pau, sentei nos meus calcanhares e gozei, na mesma hora ela sentou com tudo no meu pau fazendo com que eu terminasse meu gozo dentro dela, ela rebolava e cavalgava sentada em meu colo, quando terminamos, caímos de lado e ficamos abraçados, eu ainda com meu pau dentro dela, acariciei seus cabelos loiros e ela me perguntou se eu havia gostado, respondi que sim e perguntei se ela havia gostado também; me disse que essa tinha sido a melhor de sua vida. Fomos dormir, eu no sofá e ela no colchão, no dia seguinte, ela estava tranqüila como se nada tivesse acontecido, disse as amigas que estava com calor e na sala estava fresco. Fiquei preocupado com o fato de eu ter gozado dentro mas ela me assegurou que estava para descer a menstruação e não teria problema algum. Despedi-me de todas e vim embora para SP. Mais tarde ela me confessou que adora ser chupada e eu naquela noite a fiz delirar. Afinal chupar bocetinha de adolescente é a melhor coisa do mundo. Ela pegou meu e-mail com minha sobrinha e saio com ela pelo menos 1 vez por mês; e me manda a seguinte mensagem: Sua loira quer beijos.... Abraço a todos:

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.





Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


1249 - COMI MINHA CUNHADA NO ESCRITÓRIO - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
1444 - UMA ORGIA MARAVILHOSA! - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
1445 - TRANSEI COM A RECEPCIONISTA DA MINHA EMPRESA - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
1446 - ENCOCHEI A GATA NO ONIBUS E ROLOU UMA TRANSA - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
1447 - O TIOZÃO, A SOBRINHA E A AMIGA - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
1448 - AMARREI MINHA AMIGA E.... - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
1527 - TRANSEI COM MINHA DENTISTA - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
1576 - SEXO ORAL NA LOIRINHA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
3812 - ORAL NA LOIRINHA - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
3814 - UMA ORGIA MARAVILHOSA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2

Ficha do conto

Foto Perfil Conto Erotico ksadotesudo

Nome do conto:
FINGI DORMIR E COMI A NINFETA

Codigo do conto:
1449

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
26/06/2003

Quant.de Votos:
4

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


conto erótico aposta mãecontos eroticos casada pegou no meu paucontos eroticos amo o meu maridoContos eroricos esturpo seios mordidasultimos contos sadorevistas em quadrinho porno a sexologa taradaconto porno pai tocando a buceta da filha menor no metro lotado 2017x porno em quadrinho no campo de refugiadocontos eroticos menino adotivo pe de mesaquadrinhos porno vovô gozou na buceta da neta na praiafodendo a tia dormindo no dwollandconto erotico mostrando pau pra meninacontoerotico baby blizcontos traicao sogrover porno erotico em quadrinhos negao engravidndo a mulher do cornocontos eroticos minhas amiguinhas peladasContos eroticos comi a nalvameu padrasto me iniciou na zoofiliaconto erotico em quadrinhõcontos video punheta carro publico.ALEX_pirocudo.spquadrinho erotico sendo arombadaconto esposa pratica nudismo em nossa casaconto chupando e lambendo gostosoTransando com o pai do meu namorado contofotoolhos arregalados na pica monstroirmã da nadinha incestoconto erotico minha enteada gosta de apanhaConto dr estrupo na mesa de sinucaseduzi meu sobrinho conto eroticocontos bucetas cheirosas da maexvidio gulozacontos-comi o czinho apertado da mameconto vendo o pênis do paiincesto poringacontos eróticos em tambabaconto erótico em quadrinhos transando com a colega de servicovideos porno amadora fiz minha prima dos labios carnudos mim mamarcontos eroticos no onibus de pessoas de sjcCONTO EROTICO HOME FUDENDO CADELAContos eróticos minha mulher e uma coroa gostosonacontos porno gratis estupro submissãocorno bebendo mijo contoporno gay cdzinha afeminado teencontos erotico de estradabinho de chiquititas de pau durohq eroticoloucoscontos eroticos gay primocontos eroticos sodomizada pelo velhoeu lia conto erotico de cornocontos erotico puta gosta de piça ggcontos eroticos bissexuaisconto esposa pensa sacanagemcheirei a calcinha da minha cunhada safada contoscontos eroticos nao gosto da minha madrastabucatao da rutecontos eroticos de incesto mae tica o filho mais com babydoolCANTOS FOTOS EROTICAS DE MAE E FILHAS COM NEGAO PIROCUDOconto erotico a filha da minha namoradaquadrinhos eroticos estupradas na marracontos eroticos ninfomaníacaconto foder caralho pequenopornosogrotesaomulher passa margarina no cu da amigaconto erotico luciene crentea minha cunhada e o cavalotirei a virgindade do meu irmao duducontotiasafadaEu e papai conto eroticoimagem de buceta q não é viegemvivo na roça c. eroticoConto erotico novinha evangelicanovinha foi nada na casa do tio e liberopraconto erotico velho menina lavanderiamarceneiro comeu boy gay contocontos eroticos contratei gay me arrependinora safadas descobri que sogro tem a pica enormeHq de eroticos porno gayConto erodico do chavesfilho transando com pai historias em quadrinhosconto herotico brechei minha mulher em casa transando com quatro homemconto erotico ilustrado travesti bem dotado arrombou a buceta da esposa do corno de pau pequenomãe e filha rabudas contoscdzinha bombomcontos erotico tio fez sexo filhao pau do meu irmao contosContos eroticos de travesris lindas do pau gostosos.incesto porno silvanaano fazendo sexo com neta .sexo quente