A advogada


Click to Download this video!


Estava trabalhando no Porto de Capuaba – Vila Velha – ES, qdo recebi uma ligação era minha esposa, me perguntando não gritando e falando que eu era um mentiroso, canalha e que tudo que estava escrito ali nos contos ela iria fazer contra mim, a deixei falar, até enjoar, depois que ela ficou quieta eu perguntei, se naquelas palavras ela se encaixava. Ela parou de falar e desligou o celular, fiquei bastante triste, pq ela sempre me pedia p/ não relatar meu passado, pois era bastante cavernoso, meus relatos falavam sempre de traições, E ISSO É UM AFRONTO P/ AMBOS. Más o que é errado é sempre mais gostoso... E sempre relatava e não media esforços p/ mostrar o que eu já fiz.
Passado mais de uma hora ela me ligou e eu atendi imediatamente e ela me perguntou de cada relato e eu respondia tudo certo, então ela me pediu a separação e desligou, liguei p/ o telefone de casa e a minha empregada falou que minha esposa acabara de sair com algumas roupas, desliguei e trabalhei a semana toda.
No sabado cheguei em casa e estava um envelope encima da cama e todos os meus relatos imprimidos, como testemunha de tudo que eu tinha feito contra ela, e um telefone de um advogado, liguei e uma voz linda e provocante me atendeu, fiquei de pau duro na hora e a pessoa desligou logo em seguida.
Fui tomar banho e qdo estava no chuveiro o cel. tocou pude perceber que insistia em falar, más qdo entro no banheiro só saio tomado banho, quando sai fui olhar quem tinha ligado pude ver que era o numero que eu tinha ligado, então retornei a ligação, e a voz que eu tinha ouvido estava mais altiva, sem gemidão, conversamos e ela disse que minha mulher deixou as paradas aqui e mandou-me ligar, a mulher falou que queria me ver e marcou de vir aqui em casa pra conversarmos que minha mulher disse a ela que iria tirar tudo de mim principalmente meus caminhões.
Marcamos por volta de 15 h.
Arrumei a casa e coloquei um vinho pra gelar e então ela chegou o porteiro anunciou que tinha um Honda Civic querendo entrar na garagem e eu autorizei e mandei a tal mulher entrar (advogada), qdo eu fui abrir a porta eu notei que ela também me olhou de cima embaixo, não apenas só os meus olhos percorreram pelo corpo, disse que podia entrar e ela falou tudo em um piscar de olhos tudo que minha esposa queria e eu disse que sim, não hesitei em nada, disse que tudo que ela queria eu dava menos os caminhões, então a advogada ligou p/ ela e falou que eu dava carro, moto, casa menos os caminhões pq eram de herança e ela aceitou e me deu 30 dias p/ sair da casa, disse que sim então que eu iria sair no prazo que não iria revogar nada então o microondas disparou e ela tomou um susto e eu disse que estava preparando um lasanha pq eu tinha chegado do porto e eu como um cavalheiro a convidei, más ela recusou imediatamente, me senti ofendido e pensando que estava ofendendo-a também pedi desculpas e ela disse que iria embora, levei ela até a porta e liguei p/ o porteiro p/ abri o portão da garagem, depois de uns 5 minutos recebi a ligação do porteiro que o portão estava aberto e ninguem tinha saído, e se ela não saísse poderia arrumar encrenca pra com o sindico, desliguei e fui ver o que tinha acontecido.
Cheguei na garagem e ela estava conversando ao telefone e muito nervosa, ela me viu e pediu p/ eu esperar e depois de uns minutos pediu p/ eu entrar em teu carro entrei e ela me perguntou se a proposta ainda estava de pé, respondi com um sorriso e voltamos p/ meu apartamento, qdo entramos no elevador o filho do porteiro estava lá e eu mandei o recado por ele que Janaina não iria mais sair que eles podiam ficar tranqüilos que qdo ela iria embora eu viria e abriria o portão.
Chegamos no apartamento ela veio atras de mim e começamos a conversar, e ela me disse que não estava mais ali como advogada e sim como amiga, ela começou as perguntar sobre os relatos, pq eu comecei a relatar minhas experiências fiquei meio sem graça e com medo más comecei a responder, e ela achou muito sério o que eu fiz por isso que minha esposa pediu a separação e eu ri, sentamos e começamos a comer, preparei uma lasanha de supermercado e fiz um arroz e uma salada típica de um cara que mora só, perguntei se ela queria suco, refri ou um vinho pq eu gosto de lasanha com vinho, ela aceitou uma taça e começamos a conversar de tudo, sobre a vida de Janaina que era uma mulher com voz delicada e meiga, ela ficou totalmente vermelha e começou a perguntar sobre traição, e entramos em vários assuntos, comemos e fomos pra sala nisso já tinha ido uma garrafa de vinho, abri outra e já estávamos meio alterados, coloquei um sertanejão e peguei ela pela mão pra dançar com o intuito de poder te-la nos meus braços e encima de mim, e ela meio desengonçada veio e de cara fui beija-la e ela retribuiu e começar nos amassos levantei um pouco mais o som e qdo de repente ela estava me pedindo vem e me toma como sua mulher, me faz gemer, me chupa, faz de mim como vc fez em teu relatos.
Começamos a nos beijar e tirei as alças do vestido vermelho que ela estava e qdo ela notou estava só de calcinha vermelha e o vestido no chão eu meio tonto e ela me querendo, peguei ela no colo e levei até meu quarto coloquei ela na cama e tirei minha camisa e ela me chamando, tirei a calcinha dela e comecei a chupar aquele grelinho todo quente, abri as bordas da buceta e metia a lingua lá dentro em minutos ela encheu minha boca com teu melzinho quente, depois eu continuei e comecei a lamber e morder, em poucos instantes ela começou a gemer e gozou de novo, ela puxou meus cabelos e disse para se não eu vou morrer de tanto gozar vem pra cá quero chupar teu caralho inteiro, quero engolir teu pau inteiro, então deitei e ela veio, a boquinha dela não era muito grande, os lábios bem pequenos e ela abria bem a boca e tentava colocar ele todo na boca chupava e dava mordidinhas na cabecinha, chupou e enfiou varias vezes na boca então chamei-a p/ sentar na minha vara e ela veio, ela bem magrinha então ela com as pernas aberta sentava aos poucos pq ela dizia que estava ardendo muito más ela queria continuar pq ela estava gozando em minutos, meu pau era o que ela sempre desejava, qdo ela acabara de ler meus relatos
Qdo ela deu por si já estava com meu mastro enterrado, más ela não tinha mais forças de levantar e descer, então eu ajudava ela, peguei ela e coloquei-a de lado e fui penetrando, aquela advogada gemia, pediu pau na buceta e eu enfiava bem devagar p/ não machuca-la qdo meu pau entrou por inteiro ela pediu p/ fazer franguinho assado, então subi encima da gostosinha, e quando entrava e saia meu pau ela gozava, ela estava descontrolada e pedia p/ eu gozar, más eu tinha bebido e o gozo não vinha, ela começou a se desesperar por favor goza, goza, meu macho, por favor, goza, eu comecei a beija-la e acalmar a menina, e eu só socando naquela bucetinha pequenininha, nossa que delicia, pedi p/ ela ficar de 4 ela não quis disse que eu iria colocar bem devagar então com muito custo ela ficou, qdo eu iria empurra meu mastro eu peguei ela pega cintura ela estava tremula as perninhas dela estava batendo umas nas outras fiquei com um pouco de medo e fui colocando cm por cm, nossa qdo meu pau entrou lá no fundinho ainda faltava uns 4 cm pra fora ela não agüentava mais ela deitou de barriga na cama e pediu p/ eu parar pq ela não estava mais agüentando, puxei ela pra junto de mim e fui aumentando as estocada e fui socando e ela relaxando e pude perceber que meu mastro ia entrando e fazendo teu buraco, centrando na xaninha daquela putinha, o gozo dela estava escorrendo de tanto que ela gozava, comecei mais rápido, pq eu mesmo estava com medo do que podia acontecer se eu não gozasse, depois de uns minutos eu tirei o pau e acabei batendo uma punheta pra compensar e ela veio e pediu p/ gozar na cara dela, na porta da buceta, na barriga e começou a chorar, e ai quem disse que consegui gozar.
Deixei de punhetar e peguei ela no colo trazendo junto de mim e qdo eu olhei p/ a carinha dela ela estava em lagrimas e me deu a maior dó, beijei ela e perguntei pq ela estava daquele jeito e peguei-a e levei p/ debaixo do chuveiro e começamos a tomar banho e ela foi se acalmando e me contando o que estava acontecendo, nos beijamos muito e eu dei um verdadeiro banho naquela advogada gostosa....
Poxa pensei um pouco e falei com ela que eu iria esperar, más que eu queria muito era gozar junto dela, que que queria era ter fodido ela inteira, más ela me disse que na quarta feira ela iria voltar e fazer o que eu quisesse...
Poxa amigos, fiquei assim de pau duro, depois no outro conto eu escrevo o que aconteceu e como acabou esta foda...

Faca o seu login para poder votar neste conto.


Faca o seu login para poder recomendar esse conto para seus amigos.


Faca o seu login para adicionar esse conto como seu favorito.


Comentários


foto perfil usuario

Comentou em 10/05/2013

nusss admiro vc!




Atenção! Faca o seu login para poder comentar este conto.


Contos enviados pelo mesmo autor


12809 - Encontro insaciavel - Categoria: Heterosexual - Votos: 5
12927 - Itamaraju_BA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
12939 - Macarani_BA - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13116 - VIAGEM PARA TOCANTINS PARTE I - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13118 - TOCANTINS PARTE II - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13119 - TOCANTINS PARTE III - Categoria: Heterosexual - Votos: 3
13127 - A ultima viagem com LEILA - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
13167 - Carla Agrizzi - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
13250 - Posto da Mata _ BA - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
13254 - Cunhada Michele Nunes - Categoria: Traição/Corno - Votos: 2
13299 - Meu primeiro emprego como motorista - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13477 - Visto na festa da empresa por Rosa - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13479 - Morena do chat - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
13481 - Qdo eu conheci Vanessa - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13860 - Festa em Monte Asterio - Categoria: Heterosexual - Votos: 1
13862 - Veronica - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
17551 - Expansão da Empresa - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
19103 - Sexo no busão - Categoria: Heterosexual - Votos: 2
32138 - Camila - Categoria: Heterosexual - Votos: 4
33587 - Viagem pra Minas Gerais - Categoria: Heterosexual - Votos: 0
33661 - Viagem parti 2 - Categoria: Heterosexual - Votos: 0

Ficha do conto

Foto Perfil casado_cg
casadocg

Nome do conto:
A advogada

Codigo do conto:
13327

Categoria:
Heterosexual

Data da Publicação:
04/08/2011

Quant.de Votos:
1

Quant.de Fotos:
0


Online porn video at mobile phone


Contosinsestofamiliaporno conto erotico de mãe meu filho me fode e eu fijo dormirconto de sexo com esposa traindo marido com o gasor em o marido corno fica na mesaContosputariafamiliarcontos+eroticos+incestos+com+imagensconto erotico de menino come primocorninho hormonios femininos conto eroticoprezidiario cumeu mulher casada a força dentro do prezidio comtos eroticoconto erotico mmaconto erticos 2017me tarada contos eroticos de maes chupando filhoirmã linda gostosa maravilhosa dando sua bucetinha virgem terceiro mandou tadusafada tirando a roupa devagarzinocontos eróticos de discussão e reconciliaçãoajudei um amigo a ser corno videos menina de pilano abucetarcontoeroticodfultimos contos sadocontos eròticos sobre chantagemtitia é de mais contoscontos eroticos coroas safadasMateriais heroticos para mulheresconto erotico de gordinha e a maepegava calcinha pequenacontocontos eroticos tio e sobrinhasocando forte nas sogrinha contosCarlton eroticosSexo com o pai conto erotecoestupraram minha esposa contoas coxas da minha mâe contos eroticosconto travesti estupra mulherEu e minha esposa e meu sobrinho e minha sobrinha em casa eu disse pra minha esposa fuder com meu sobrinho que eu ia fuder minha sobrinha conto eroticopornocantoseróticosfotos da e contos da minha esposa peladacontos eroticos zoofilia cao super bravosCONTOS DE INCESTOS DE GORDINHAS COM 45ANOS COM FOTOS DELAS PELADASloirinha de sainha curta e assediada e estuprada no onibuscontos eroticos o caminhoneiro me comeu meu marido nao percebeucontos eroticos gay pastorquadrinhos de maltratando e machuvando bucetaConto erotico botei minha pica nao aguentouXvidio encoxatriz de frente em conducaocontos eróticos de pedreiro velhinho estupradorconto erotico gay o colo do vovôcontos eroticos de patricinhas trasando na praiaconto erotico cassete esposacontos pornor lebian incestuoso com enteadasconto erotico meninosxvedeoanal+negrocontos empregada do vizinhoflagrei minha esposa tomando sêmen de cavaloquadrinho gay: o jardineiro gayfotos e videos no dwolland gaucha safadaHq de sexo mulher velha dando pro negaomenininha safadinha conto eroticoa fazer sexo com a sogra de 36 anos viuva a forca na camacaminhoneiro meteu em mimkomik xxxcúmplices de um resgate pornoContos eu nao sabia bate punhetamulher confessando sobre padatrobucatao da rutevideo de sexo bi com incestoigravidas tarada traindo maridover o pau do meu irmao doro contoContos eroticos com fotos de podolatria no carroaboy gay passivo querendo rola contome comeram na festaContos sexo com mãe e filhacontos eróticos menina pornôConto de puta depravada servindo a muitos machoscontoeroticodfLingua na buceta contoscontos eroticos de lactofiliacontos eroticos menage femininoa cunhada pastora evangélica contosquadrinho de porno realcontos erotico-você fodendo muito meu cuzinhoela nao aguento mais pus tudo conto pornox vidio comtos eroticos flaguei mamãefilmes cm imagens picantes senas sexoConto erotico gay soldado mete com fio dentalhttps://contoerotico/conto/86614/921632/exibindo-a-pica-grossa-para-o-novinho-da-natacao.htmlmeu cachorro metirou cabaco contoveridico, flagrei minha mae transandocaminhoneiro coroa metendo gostosoconto erotico a coroa gostosaseiren porno a filha gostosa da empregadaconto de sexo meu padrinhoum touro gozou fundo no meu retoextrupou a noiva ingenua e virgem pornofiumi porno adoro ver acaucinha da minha irma no varauSexo no feriado no hotel com meu irmao conto erotico